Fitocanabinoides da cannabis: THCV

Escrito por

Escrito por

Lara Santos

Tempo de leitura: 2 min

Publicado em

Primo do THC, o THCV oferece propriedades medicinais únicas, além de causar efeitos psicotrópicos quando consumido em alta quantidade; entenda

O potencial medicinal, terapêutico e psicotrópico da cannabis é consequência dos princípios ativos que a compõem. Há terpenos, canaflavinas e fitocanabinoides na planta, sendo os fitocanabinoides as propriedades mais conhecidas e disseminadas desses grupos. Existem mais de 100 fitocanabinoides encontrados na maconha e, até hoje, a quantidade correta ainda é pesquisada. São dois deles, no entanto, que lideram os estudos a respeito da planta: o THC e o CBD. Um tratado como vilão e o outro milagroso, ainda que erroneamente, mas muitos outros fitocanabinoides também oferecem benefícios medicinais. Por isso, a Kaya Mind publicará uma série de textos sobre alguns dos fitocanabinoides da cannabis. Neste material, será explorado um fitocanabinoide que tem capacidade de reduzir o apetite: o THCV. 

O que é o THCV?

thcv o que é

Estruturalmente semelhante ao THC, o THCV ou tetra-hidrocanabivarina oferece efeitos e benefícios medicinais singulares em comparação com outros fitocanabinoides. Em alta quantidade, pode, inclusive, causar efeitos psicotrópicos, como o THC. No entanto, não é simples encontrar produtos com concentrações altas de THCV, pois é um fitocanabinoide pouco abundante na maioria das cepas da cannabis. 

O THCV passa pelo processo de descarboxilação em uma temperatura mais alta do que o THC, além de algumas de suas propriedades medicinais serem diferentes. Enquanto o THC é o principal causador da famosa larica, o THCV é conhecido por ser supressor de apetite, o que pode ser vantajoso para aqueles que precisam perder peso por questões de saúde, mas não para quem sofre com transtornos alimentares como anorexia e bulimia ou quem faz tratamentos médicos que diminuem o apetite (quimioterapia para câncer, por exemplo). Isso acontece, porque, em vez de ativar o receptor CB1 do sistema endocanabinoide como o THC, ele o bloqueia. 

Os benefícios do THCV

Além disso, o THCV pode ser capaz de ajudar no tratamento de diabetes ao reduzir o nível de açúcar no sangue, diminuir o risco de ataque de pânico sem reprimir emoções, tratar sintomas causados pelo Alzheimer (tremores, problemas de coordenação motora, lesões cerebrais), causar o crescimento de células ósseas e atuar na melhora de osteoporose, tratar ansiedade e atenuar inflamações. Ainda, esse fitocanabinoide pode, principalmente em conjunto com outros como CBC e CBD, trazer benefícios como estimular energia e foco – o THC poderia ter essa capacidade, se não fosse o fato de que causa euforia. 

Como as pesquisas a respeito do THCV ainda são iniciais e as quantidades desse fitocanabinoide são pequenas na maioria das cepas da cannabis, há poucas formas viáveis de consumi-lo atualmente. Há, no entanto, produtos surgindo aos poucos no mercado. 

Na última semana, o fitocanabinoide abordado foi o CBDA. Nas próximas, será possível acompanhar o lançamento de outros textos que contemplem outros princípios ativos da cannabis. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

copa do mundo e cannabis
Lara Santos

Copa do Mundo e cannabis  

Em 2022, o evento acontece em um país com regras rígidas sobre o uso de cannabis. Entenda como as seleções favoritas se posicionam a respeito da planta e como os atletas poderiam se beneficiar se o uso de CBD fosse permitido

Leia mais

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!