Ansiedade e cannabis: o uso da planta para o alívio dos sintomas

Tempo de leitura: 5 min

Publicado em

Em uma cultura muito ansiosa, os derivados da cannabis são explorados e os resultados são promissores

Nos últimos anos, estamos presenciando um aumento no reconhecimento e compreensão da ansiedade, o que aponta a necessidade premente de abordar esse fenômeno complexo. Diante desse cenário, além da abordagem convencional com medicamentos, surgem alternativas promissoras como uso da cannabis no tratamento da ansiedade.

As queixas relacionadas a esse desconforto tornam-se cada vez mais comuns em nossa sociedade, e refletem a busca em expansão por métodos eficazes de tratamento. O acelerado ritmo de vida, as constantes demandas do mundo moderno e os desafios diários enfrentados contribuem significativamente para o aumento dessa condição.

Nesse texto, vamos explorar como os derivados dessa planta podem ser relevantes no alívio dos sintomas ansiosos e ser considerada uma possibilidade viável no tratamento da condição.

O que é a ansiedade

A ansiedade é uma resposta natural do corpo a situações percebidas como ameaçadoras. Ela é uma emoção natural que todos experimentam em determinados momentos da vida. No entanto, a ansiedade pode se tornar problemática quando é intensa, persistente e interfere nas atividades diárias.

A ansiedade pode se manifestar de várias maneiras, incluindo preocupações excessivas, tensão muscular, inquietação, irritabilidade, dificuldade de concentração, insônia e outros sintomas físicos e emocionais. Em níveis exacerbados, a ansiedade pode ser considerada patológica e se enquadrar no que chamamos de transtornos de ansiedade. Existem diversos tipos de transtornos em que a ansiedade é o principal sintoma, como por exemplo transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno do pânico, fobias específicas, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), entre outros.

ansiedade e cannabis

Em casos em que a ansiedade é crônica ou grave, até mesmo antes de caracterizar um transtorno, a qualidade de vida e a funcionalidade dos indiviudos que a enfrentam pode ser significativamente impactada. Por esse motivo, é muito importante que pacientes que enfrentam esses sintomas com frequencia e intensidade, procurem ajuda profissional para avaliar o quadro e identificar as melhores intervenções para minimizar o problema. O tratamento mais indicado para a ansiedade, geralmente envolve terapia cognitivo-comportamental, medicamentos ansiolíticos ou uma combinação de abordagens, dependendo da gravidade e das necessidades individuais.

Como o número de pessoas que se queixam de altos níveis de ansiedade têm crescido exponencialmente, o atual panorama evidencia a importância de investir em recursos terapêuticos, na educação pública sobre saúde mental e na promoção de ambientes que favoreçam o bem-estar emocional, contribuindo para a construção de uma sociedade mais resiliente diante dos desafios emocionais contemporâneos.

O tratamento farmacológico convencional para a ansiedade envolve o uso de medicamentos que visam aliviar os sintomas. Alguns dos principais tipos de medicamentos prescritos para o tratamento da ansiedade incluem antidepressivos, benzodiazepínicos, buspirona e beta-bloqueadores. No entanto, nos últimos anos testemunhamos a busca por abordagens menos invasivas, mais naturais, com menores riscos de dependência, e menores possibilidades de efeitos invasivos e colaterais. É diante desse contexto, que o uso medicinal da cannabis tem ganhado destaque.

Ansiedade e cannabis: a cannabis medicinal como tratamento

ansiedade e cannabis tratamento

A cannabis medicinal é um tópico que tem despertado a atenção de especialistas e pacientes devido às suas potenciais propriedades terapêuticas em várias condições de saúde, incluindo a ansiedade.

A cannabis é composta por centenas de compostos químicos, sendo os principais o delta-9-tetra-hidrocanabinol (THC) e o canabidiol (CBD), além de receptores e outros endocanabinoides. Cada um desses compostos possui efeitos diferentes no organismo. O sistema endocanabinóide, composto por esses elementos, é considerado um regulador fisiológico homeostático único e difundido, que exerce diversas funções no organismo.

A principal função do sistema endocanabinóide é a neuromodulação, capaz de gerar efeitos que afetam a percepção da dor, fome, esquecimento, ansiedade, aprendizado e memória. Além disso, ele influencia o controle motor, a imunidade, a proliferação de células tumorais e até mesmo o processo inflamatório.

Como o sistema endocanabinóide atua?

Existem dois principais tipos de receptores canabinóides: CB1 e CB2. Os receptores CB1 estão distribuídos no sistema nervoso central (SNC), principalmente na pré-sinapse, e medeiam os efeitos psicotrópicos dos canabinóides. Quando ativados, esses receptores inibem a adenilato ciclase, reduzindo a conversão de ATP em AMPc, o que leva à hiperpolarização neuronal e à diminuição da liberação de neurotransmissores como GABA, glutamato, noradrenalina, serotonina e dopamina. Isso pode influenciar a cognição, percepção, funcionamento motor, apetite, sono, neuroproteção, neurodesenvolvimento e liberação hormonal. O Δ9-THC, ao se ligar ao receptor CB1, medeia a maioria dos efeitos no SNC.

Os receptores CB2, por sua vez, estão localizados preferencialmente no sistema imunológico e hematopoiético, mas também foram encontrados em algumas áreas do SNC, com uma expressão aumentada em determinados estados patológicos, como a dor crônica. Nesse contexto, os receptores canabinóides interferem com várias vias de sinalização para exercerem seus efeitos nos diferentes tecidos e órgãos do organismo.

Como a cannabis pode diminuir a ansiedade: o potencial ansiolítico da cannabis

O CBD é um componente não psicoativo da cannabis, o que significa que não causa os efeitos psicoativos associados ao THC. Estudos sugerem que o CBD pode ter propriedades ansiolíticas, ajudando a reduzir a ansiedade em alguns pacientes. Mecanismos precisos ainda estão sendo estudos, mas há sinais de que o CBD interage com os receptores serotoninérgicos no cérebro, influenciando os níveis de serotonina, neurotransmissor associado ao humor.

Cada espécie de cannabis tem um determinado nível de compostos e algumas cepas específicas podem ter perfis de terpenos que influenciam os efeitos da cannabis, o que pode contribuir para a redução da ansiedade. No entanto, embora a cannabis medicinal, especialmente o CBD, tenha mostrado potencial para ajudar no manejo da ansiedade, é essencial abordar isso de forma individualizada, com a orientação de profissionais de saúde e em conformidade com as leis locais.

O tratamento convencional para a ansiedade frequentemente envolve o uso de diversas classes de medicamentos. No entanto, destaca-se que esses fármacos podem apresentar efeitos colaterais mesmo quando utilizados em doses únicas ou por períodos restritos. Diferente desses medicamentos, o CBD apresenta um perfil de segurança adequado, boa tolerabilidade e resultados positivos, o que torna seu uso viável na prática clínica. Os estudos destacam que a substância é uma alternativa promissora.

Uma revisão de literatura publicada em 2023, apontou que a maioria   dos   estudos   revisados   constataram que   o   CBD   possui   propriedades   ansiolíticas significativas,  que contribuem para  a  melhoria  da  qualidade  do  sono,  redução  da  intensidade  e frequência de episódios ansiosos e, em alguns casos, redução da necessidade de medicamentos tradicionais para ansiedade.

Os dados são animadores e apontam que o cenário da produção de psicofármacos pode ser transformado futuramente. Para que isso de fato ocorra, esperamos que os estudos científicos com o objetivo de compreender as melhores doses, combinações de canabinoides, formas farmacêuticas e outras questões relacionadas continuem sendo desenvolvidos e ofereçam suporte e evidências adequadas para a consolidação das propriedades medicinais da cannabis no tratamento dos transtornos de ansiedade.

É importante destacar que o estigma em torno das questões de saúde mental está diminuindo, o que encoraja mais pessoas a procurarem ajuda profissional. Se você enfrenta esse desconforto e busca pelo alívio de seus sintomas, a Kaya Mind possui uma plataforma de profissionais da saúde que são capacitados para oferecer um tratamento com cannabis medicinal, personalizado para o seu caso. Marque sua consulta aqui.

Referências:

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x