Baixa imunidade: sintomas, tratamentos, e o que fazer nesses casos 

Tempo de leitura: 7 min

Publicado em

A imunidade baixa afeta nossa qualidade de vida e é uma das principais preocupações sobre a nossa saúde.

A busca pela qualidade de vida e a prevenção de doenças é um dos assuntos mais importantes quando se trata de bem-estar. Nessa direção, a comunidade científica tem se empenhado no estudo de alternativas que promovam benefícios para a nossa saúde. Diante dos efeitos colaterais causados pela potência de algumas substâncias, algumas alternativas naturais têm sido utilizadas no fortalecimento da imunidade. Elementos naturais sempre foram uma alternativa no fortalecimento da imunidade, e inclusive a cannabis pode auxiliar ajudar na potência do nosso sistema imunológico. Para isso, é necessário compreender como funciona nosso sistema imunológico e como as substâncias naturais podem auxiliar em casos de baixa imunidade.

O que é o sistema imunológico

Para compreender melhor a atuação da nossa imunidade, é importante entender o que é o nosso sistema imunológico.

Nosso organismo é composto por uma série de estruturas que fazem parte do sistema imunológico e atuam diretamente a defesa do nosso corpo contra ameaças externas. Esse sistema é composto pelo timo, baço, gânglios linfáticos, amídalas e por várias células de defesa, conhecidas como glóbulos brancos.

Essas células percorrem o sangue e funcionam como uma barreira protetora, agindo de maneira específica contra cada tipo de invasor. Para que todas essas estruturas funcionem da maneira esperada, é essencial que o sistema imunológico esteja fortalecido.

ingredientes saudáveis para sistema imunologico

O que é baixa imunidade

A imunidade baixa é uma condição que afeta diretamente o sistema imunológico e faz com que ele não funcione de forma adequada, tornando o organismo mais vulnerável a doenças e infecções.

A baixa imunidade pode ser consequência de uma condição específica ou de um conjunto de fatores, depende de cada caso. Uma série de pesquisas científicas investigam quais medidas podem ser tomadas para que o sistema imunológico funcione de forma saudável.

Um sistema imunológico fortalecido é capaz de prevenir complicações de diversos quadros de saúde, como gripes, resfriados, infecções e outros problemas. No entanto, se houver algum desequilíbrio em seu funcionamento, sua capacidade de combater os agentes patogênicos diminui.

Consequentemente, o organismo torna-se mais suscetível a adoecer, o que é denominado imunidade baixa. Independente do caso, o fortalecimento da imunidade é uma preocupação que acompanha a história da humanidade há milênios e diversos cuidados podem ser tomados para evitar que nosso sistema imunológico enfraqueça.

Como saber se a imunidade está baixa

Na maioria das vezes, sintomas físicos se manifestam quando a imunidade está baixa. É muito importante recorrer a um médico nesses casos, para fazer uma avaliação geral do quadro de saúde. No entanto, vamos citar os sinais mais comuns:

  • Dificuldade na recuperação de gripes, doenças ou infecções;
  • Fadiga constante e cansaço exacerbado;
  • Lentidão na cicatrização de feridas;
  • Alterações na pele, como infecções e erupções cutâneas;
  • Aftas e bolhas na boca;
  • Quedas recorrentes de cabelo.

Caso você esteja enfrentando algum desses sintomas, não deixe de buscar ajuda profissional para identificar exatamente a condição médica e o tratamento adequado.

–> se você busca um profissional da saúde que possa te prescrever soluções naturais, como a cannabis medicinal, veja esse post!

Quais as principais causas da imunidade baixa

Já é comprovado cientificamente que o sistema imunológico pode ser afetado por diferentes fatores:

Falta de exercícios físicos: O sedentarismo e o excesso de atividades físicas podem causar uma diminuição na imunidade.

Alimentação: Uma dieta desequilibrada e pobre em nutrientes pode afetar a produção de anticorpos e outras células de defesa e consequentemente comprometer de forma direta o funcionamento saudável do nosso sistema imunológico.

Hábitos prejudiciais: Nossa rotina e nossos hábitos são poderosos e capazes de direcionar a nossa saúde. Práticas prejudiciais, como não beber água, uso excessivo de substâncias, sono e alimentação irregular, podem colaborar para o enfraquecimento da nossa imunidade.

Fatores emocionais: Condições estressantes, excesso de ansiedade e emoções mal gerenciadas podem desequilibrar o organismo e causar uma série de desdobramentos negativos para a saúde física e mental. Os fatores emocionais são frequentemente a causa do impacto no nosso sistema imunológico

Má qualidade do sono: A privação de sono ou a baixa qualidade de sono pode enfraquecer o sistema imunológico, pois o sono é um período de restauração e reparo do organismo. Durante o sono, o sistema imunológico produz substâncias importantes para combater infecções e doenças.

Fatores genéticos: Algumas pessoas podem possuir predisposição genética para uma imunidade mais baixa. Nesses casos, é importante adotar medidas preventivas adicionais e buscar um estilo de vida saudável para minimizar os riscos.

Doenças: Algumas condições médicas, como diabetes, HIV, câncer, doenças cardiovasculares e pulmonares, podem afetar negativamente a imunidade, tornando o organismo mais vulnerável a infecções e complicações.

TPM (Tensão Pré-Menstrual): Em algumas mulheres, o período pré-menstrual pode estar associado a uma diminuição temporária da imunidade, tornando-as mais suscetíveis a infecções.

Tratamentos médicos: Certos medicamentos e tratamentos específicos, como imunossupressores, corticoides e quimioterapia, podem suprimir a atividade do sistema imunológico. Essa supressão pode ser inevitável em alguns casos, e também pode deixar o paciente mais vulnerável a infecções, sendo necessário um cuidado extra durante esses períodos.

Vitaminas e outras opções naturais para aumentar a imunidade

vitaminas cápsulas em colheres

Conforme falamos anteriormente, uma alimentação saudável, rica nos nutrientes necessários para o nosso organismo, é uma das principais chaves para evitar a baixa imunidade. Algumas pessoas, com déficit de vitaminas no corpo, costumam recorrer a nutrientes via cápsulas ou outras formas farmacêuticas. Mas a suplementação vitamínica é desnecessária para a maioria das pessoas que têm uma dieta equilibrada, então antes de buscar essa alternativa, é fundamental verificar a necessidade.

O mais recomendado é introduzir na sua dieta, alimentos naturais ricos em nutrientes indispensáveis para a nossa saúde. Esses alimentos podem ser consumidos em forma de sucos ou chás, e proporcionar benefícios para o organismo e a imunidade.

–> você sabe o que é kombucha, kefir e switchel e como eles podem ser benéficos para sua saúde?

Confira a lista abaixo:

  • Fontes de vitamina C: Laranja, limão, abacaxi
  • Fontes de vitamina A: Peixes, mamão, cenoura, óleos vegetais
  • Fontes de vitamina B: cogumelos, folhas escuras, peixes
  • Fontes de vitamina E: amêndoas, linhaça, granola, óleo de girassol
  • Fontes de vitamina D: Luz solar, gema de ovo, peixes como salmão e sardinha
  • Fontes de Ferro: Feijão, ervilha, semente de cânhamo
  • Probióticos: Queijos, iogurtes e bebidas fermentadas

–> você sabia que produtos nutracêuticos também podem ser uma boa opção para aumentar a sua imunidade e fortalecer o seu bem estar?

Como a cannabis pode colaborar para aumentar a imunidade

Nosso organismo possui um sistema interno chamado sistema endocanabinoide, que é composto por receptores que estão distribuídos por várias partes do corpo, incluindo células do nosso sistema imunológico.

Esse sistema endocanabinoide desempenha um papel crucial na regulação dos mecanismos internos, garantindo a homeostase, que é o equilíbrio e estabilidade das funções do corpo. A capacidade de regular essas funções é fundamental para promover o nosso bem-estar e contribui diretamente para a manutenção de uma saúde adequada. A homeostase garante que nossos sistemas internos funcionem de maneira harmoniosa e permite uma resposta eficiente às demandas e estresses do ambiente externo e interno.

capsulas de cânhamo baixa imunidade

Quando o sistema endocanabinoide é ativado pelos componentes da cannabis, ele é capaz de interferir positivamente na modulação de várias funções fisiológicas, como a regulação da dor, do apetite, do sono, do humor e da resposta imunológica.

Essa complexa interação tem um impacto significativo em nossa saúde geral e mostra o quão vital é o sistema endocanabinoide para o funcionamento adequado do nosso organismo.

Além de desempenhar um papel fundamental na regulação da homeostase, os canabinoides também têm sido alvo de estudos científicos que apontam para seus efeitos benéficos em outras áreas da saúde. Pesquisas têm demonstrado que os canabinoides podem reduzir a inflamação, regular a autoimunidade e influenciar as respostas imunológicas contra tumores e patógenos.

–> conheça as principais evidências científicas da cannabis medicinal nesse ebook exclusivo, feito em parceria com a HempMeds

Esses dados sugerem que, além dos já conhecidos benefícios terapêuticos dos fitocanabinoides, eles também podem desempenhar um papel importante na modulação do sistema imunológico, o que sugere que os compostos também possuem propriedades imunomoduladoras.

Mas os benefícios proporcionados pelos compostos da cannabis vão além da imunomodulação. Eles incluem propriedades ansiolíticas, analgésicas e neuroprotetoras, que têm se mostrado eficazes no tratamento de diversas condições médicas. Esses efeitos promissores tornam a cannabis uma opção terapêutica cada vez mais interessante e promissora para pacientes que enfrentam desafios de saúde complexos.

Outras dicas para aumentar a imunidade

Alimentação saudável

Uma alimentação saudável é essencial para fornecer ao organismo os nutrientes necessários para a produção de células de defesa. Caso a baixa imunidade seja causada por deficiência nutricional, uma dieta balanceada pode solucionar o problema.

vitamina c em comprimido saindo da laranja ajudam na baixa imunidade

Atividades físicas

É comprovado cientificamente que a prática regular de atividades físicas é fundamental para manter o bom funcionamento do organismo, incluindo o sistema imunológico. Se exercitar ajuda na circulação sanguínea e no transporte das células de defesa. E consequentemente é extremamente benéfico para a saúde física e mental.

Acompanhamento médico

O acompanhamento médico adequado é essencial para prevenir e tratar a imunidade baixa, pois essa condição pode ser identificada e tratada durante o acompanhamento profissional, melhorando assim, a qualidade de vida e evitando problemas mais graves.

Estilo de vida saudável

Os bons hábitos de saúde são essenciais para fortalecer a imunidade. Nossa rotina é responsável por grande parte do nosso bem-estar geral. Ter um sono adequado, evitar o estresse, adotar uma alimentação balanceada, e praticar atividades físicas são alguns exemplos de práticas importantíssimas que estão associadas com a manutenção da nossa imunidade. Dessa forma, adotar um estilo de vida saudável é o melhor caminho para conquistar mais saúde e qualidade de vida.

Foi possível perceber toda a complexidade do nosso sistema imunológico e a necessidade do equilíbrio entre diversos fatores para atingir uma boa qualidade de vida, além de correr menos risco de estar vulnerável a agentes patógenos. É inegável que devido a rotina pesada da nossa sociedade, e a presença de inúmeros fatores que impactam negativamente a nossa qualidade de vida, compostos naturais que abrangem propriedades imunomoduladoras são importantíssimos e muito bem-vindos no campo da saúde.

Diante disso, a cannabis tem se mostrado uma alternativa interessante no combate a uma série de complicações em nosso organismo, e ainda capaz de promover a homeostase graças a interação entre os endocanabinoides e os fitocanabinoides.

Esperamos que mais estudos científicos sejam conduzidos com o objetivo de compreender mais profundamente o funcionamento das propriedades terapêuticas da cannabis no corpo humano. Além disso, são essenciais discussões acerca dos benefícios da planta, a fim de desestigmatizar seu uso e possibilitar que pacientes que poderiam se beneficiar de seus efeitos terapêuticos tenham acesso adequado a tratamentos eficazes.

A nossa saúde e o equilíbrio do nosso sistema imunológico são assuntos muito sérios. Estar bem-informado sobre esses temas é muito importante para tomarmos decisões conscientes em relação ao nosso estilo de vida, hábitos e cuidados com a saúde.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x