Médicos prescritores de cannabis medicinal no Brasil

Tempo de leitura: 6 min

Publicado em

Para ter acesso aos medicamentos à base de cannabis no Brasil, é preciso ter uma receita médica. Mas quem são esses prescritores de cannabis? Entenda o perfil deles e como consultá-los

Desde 2015, é permitido importar produtos à base de cannabis para uso medicinal no Brasil. Essa autorização foi implementada pela Anvisa e evoluiu ao longo dos anos, tornando-se menos burocrática, mas ainda sob algumas regras. Uma delas, por exemplo, é que o acesso aos derivados da planta importados só é possível a partir de prescrições médicas realizadas por profissionais da saúde – e não são muitos que conhecem ou recomendam esse tipo de tratamento no país. Saiba mais sobre os médicos prescritores de cannabis no Brasil através desse texto!

big numbers médicos prescritores
Big Numbers: médicos prescritores de cannabis no Brasil

O crescimento do número de novos médicos prescritores de cannabis tem sido constante nos últimos anos e já ultrapassa dez mil, só em 2022 como um todo, a média foi de cerca de 700 novos médicos por mês.

Conheça o passo a passo do processo de importação de produtos à base de cannabis no Brasil e quais são os principais produtos disponíveis.

Perfil dos médicos prescritores de cannabis no Brasil

Segundo o último dado reportado pela Anvisa e que já está defasado, existem por volta de 2.100 prescritores de cannabis em território nacional. Esse número equivale a menos de 0,5% da quantidade total de médicos no Brasil, mas, considerando que, desde a última informação, isso já aumentou, pode-se dizer que ainda existe uma oportunidade muito grande. Atualmente, considerando o conjunto de dados da Kaya Mind, não é possível saber a distribuição desses profissionais no país, porém é possível determinar o estado original de seus CRMs, que representa a principal área de atuação desse médico.

Considerando todas as prescrições feitas desde fevereiro de 2019, atualmente o estado que concentra o maior número de prescrições é São Paulo, com 41% do número total, seguido do Rio de Janeiro com 19%, e na sequência Minas Gerais com 7%.

Gráfico – participação das regiões nas prescrições de cannabis medicinal entre fevereiro de 2019 e dezembro de 2021.

Principais especialidades de médicos prescritores de cannabis

A dificuldade de obtenção dos dados via Anvisa é mais recente e aconteceu devido a alteração na RDC original que permitia a importação de medicamentos à base de cannabis. Isso porque, antigamente, era necessário que o paciente cadastrasse o CID da doença e dados do médico prescritor e, assim, ficava mais simples para a agência reportar esses dados, mas, ao mesmo tempo, dificultava o processo de importação por parte da pessoa física. Com a mudança para a RDC 335, o processo se tornou menos burocrático, porém mais difícil para analisar dados.

Considerando as informações disponíveis até 2019, os especialistas em tratamento com cannabis são distribuídos por áreas de atuação. As prescrições realizadas por médicos da Neurologia somaram 1.814, pois existem diversas condições médicas neurológicas tratadas por meio dos fitocanabinoides da cannabis e fazem parte de estudos mais conhecidos em relação à planta, como o Alzheimer, o mal de Parkinson, esclerose múltipla, entre outras. Em seguida, no mesmo ano, apareceram 941 receitas da Psiquiatria, segmento que trata depressão, ansiedade, insônia e outras doenças popularmente tratáveis pelo uso medicinal da maconha. As prescrições da Neuropediatria ficaram em terceiro lugar, com 367, área que costuma se ocupar de casos de epilepsia infantil, condição médica que deu visibilidade à cannabis para fins medicinais no Brasil e é amplamente pesquisada.

Principais especialidades médicas que prescreveram produtos à base de cannabis entre 2015 e 2019

Na lista das especialidades dos médicos que prescreveram canabidiol ou outros fitocanabinoides da cannabis, já que têm seu uso terapêutico autorizado no país, em 2019, também se encontram a Radiologia, Clínica Médica, Neurocirurgia, Reumatologia, Cirurgia Geral, Ortopedia, Clínica Geral, Nutrologia, Acupuntura, Anestesiologia, Dermatologia, Medicina Esportiva, Medicina Intensiva, Neurofisiologia e Endocrinologia.

Apesar do crescimento exponencial da quantidade de prescrições para cannabis por especialidade, de 2015 para 2019, todas essas informações evidenciam como é limitado o acesso aos medicamentos derivados de cannabis no Brasil, pois os prescritores da planta estão concentrados em regiões específicas e atuam em peso em poucas áreas.

Número de médicos prescritores de cannabis, no Brasil, já passa de 10 mil

Por meio de um conjunto de informações de bases públicas, a Kaya Mind confirmou que o número total de profissionais da medicina, que já prescreveram ao menos uma vez um derivado para importação, por meio da RDC 660, é próximo de 12 mil, em janeiro de 2023.

Dentre eles não estão, necessariamente, os médicos que prescrevem produtos de associações de pacientes ou produtos de cannabis com autorização sanitária para venda nas farmácias convencionais ou de manipulação. Como pode ocorrer de um mesmo profissional preencher seus dados de forma ligeiramente diferente ou mesmo alterá-los no decorrer do tempo, esse número pode ter pequena variação, mas é muito mais próximo da realidade do que os 2.100 médicos informados anteriormente.

Tendo como base 12.000 médicas e médicos, podemos concluir uma média histórica, de janeiro de 2015 até dezembro de 2022, próxima de 11,6 solicitações iniciais, renovações ou alterações, por cada profissional que prescreve. Percebemos, assim, que a procura por médicos prescritores de cannabis tem crescido exponencialmente desde a regulamentação do acesso à cannabis medicinal no Brasil.

Quantidade de novos médicos prescritores, por mês.
Fonte: Kaya Mind, com dados da Anvisa

Como realizar um tratamento médico com cannabis

Caso você tenha interesse em realizar um tratamento à base de cannabis e não conhece um profissional de saúde adequado, você pode procurar por empresas e associações que fazem essa ponte entre pacientes e médicos prescritores, como, por exemplo, a Clínica Gravital, Dr. Cannabis, Terra Cannabis e Cannect, mas existem muitos outros negócios sérios com esse trabalho. Agora, se você ainda não entende o passo a passo para ter acesso aos medicamentos de cannabis no Brasil, leia aqui.

Gravital

A clínica canábica foi fundada em 2019 e atualmente já tem presença em mais de 7 localidades, onde oferece um atendimento diferenciado, conectando pacientes a médicos das mais diversas especialidades. Ainda, oferece um conteúdo educativo exclusivo, já que tem parceria com a Green Flower Media, a maior plataforma educativa nos EUA. Conheça mais sobre o trabalho da Gravital aqui.

Terra Cannabis

Possivelmente um dos maiores catálogos de produtos e uma das empresas mais antigas nesse segmento, a família Terra Cannabis facilita todo o processo para que o paciente inicie seu tratamento e, devido a capilaridade da plataforma e variedade de produtos, hoje são referência no segmento. Você pode conhecer mais sobre eles por aqui.

Cannect

Parte de um dos maiores grupos de saúde atuais, a healthtech chegou trazendo algumas das marcas mais reconhecidas internacionalmente para o país e auxilia em todo o processo do tratamento, desde a consulta até o recebimento dos produtos em sua casa. Conheça mais sobre o ecossistema, o time e as parcerias que eles oferecem aqui.

Dr. Cannabis

Plataforma, aplicativo e website que facilitam informações de médicos e produtos para quem busca um tratamento para as mais de 40 condições médicas que já foram tratadas com cannabis na comunidade. Conheça mais sobre o trabalho da Viviane e seu time aqui.

CB Farma

Uma empresa que, por meio de parcerias internacionais, oferece produtos de alta qualidade para pacientes que buscam fazer o tratamento com a cannabis. Você pode encontrar médicos na plataforma ou usar sua prescrição para realizar a compra e pode saber mais informações sobre o trabalho deles por aqui.

C.E.C.

O Centro de Excelência Canabinóide ou CEC, tem um modelo que reúne ciência, educação e medicina em suas clínicas no Rio de Janeiro e São Paulo, onde os especialistas das mais diversas áreas acompanham os pacientes em toda a sua jornada. Você pode conhecer mais sobre o trabalho deles aqui.

UIDi

É uma plataforma com um viés social e que conecta médicos e pacientes que buscam fazer o tratamento com a cannabis medicinal. Conta com 3 médicos especialistas nas áreas da psiquiatria, cirurgia e neurologia e você pode conhecer mais sobre o trabalho deles aqui.

Em breve disponibilizaremos em nosso site uma lista dos médicos prescritores de cannabis no Brasil e em qual plataforma, associação ou clínica você o encontra. Se você é médico e quer garantir que terá seu nome por aqui, por favor nos ajude preenchendo este questionário.

No nosso relatório “Cannabis para fins medicinais”, é possível ter uma visão ainda mais completa sobre esse cenário no país. É gratuito e você pode acessar aqui.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x