Haxixe e maconha: qual a diferença 

Tempo de leitura: 4 min

Publicado em

Ambos são provenientes da mesma planta, mas, além do nome, têm diferenças importantes como seus efeitos e sua origem

No mundo canábico, uma das maiores confusões que existem é derivada dos muitos nomes e termos que são dados aos diferentes tipos de maconha que existem por aí. A grande verdade é que tudo é maconha e tudo é cannabis, afinal, ambas as palavras se referem a mesma coisa: a espécie Cannabis sativa L.

Para efeitos de esclarecimento, neste texto consideraremos que a palavra maconha está se referindo às flores (buds) da cannabis. Já o haxixe é um extrato canábico e que, portanto, tem uma consistência diferente, além de um conjunto de efeitos e benefícios diversos no corpo humano em comparação à maconha em seu estado natural (flor in natura). 

Origem da maconha vs origem do haxixe 

Apesar de serem similares e um deles ser a “consequência do outro”, a tradição no uso e seu surgimento têm origens diferentes. O haxixe tem uma longa história que remonta ao antigo Egito e outras partes da Ásia e África, bem como acredita-se ser o mais antigo concentrado de cannabis registrado. Já, quando falamos do haxixe que as pessoas conhecem e consomem hoje, ele tem suas raízes na Índia, quando as plantas de cannabis colhidas eram esfregadas à mão para liberar uma seiva pegajosa que era enrolada em uma bola e usada em templos religiosos. Com a colonização, essa substância se espalhou pela Europa e, eventualmente, pelas Américas. 

Já as raízes da origem da maconha – como planta completa – surgiram no continente da Ásia, onde o cânhamo tinha múltiplos propósitos, incluindo medicinais, para roupas e alimentos. A maconha chegou à América por meio dos primeiros colonos cultivando cânhamo para fazer materiais e cordas e, no Brasil, por meio dos escravizados que traziam as sementes nas bainhas das bonecas.  

Haxixe é mais forte que maconha? 

Fumar haxixe versus fumar maconha pode ter sim efeitos diferentes, sendo um deles a potência. O haxixe de boa qualidade geralmente tem um efeito mais forte do que a planta de onde veio, no entanto, isso não se aplica a todas as extrações, pois algumas formas delas podem vir contaminadas por muito material vegetal e, em alguns casos, outros materiais utilizados pelo mercado ilegal para aumentar o peso do extrato. 

Tanto a maconha quanto o haxixe têm o mesmo ingrediente ativo: delta-9-tetrahidrocanabinol (THC). Esse composto psicoativo se liga a receptores em seu cérebro e outras partes do corpo através do sistema endocanabinoide, fazendo com que o usuário se sinta “chapado”. Como o haxixe é concentrado, ele normalmente contém um teor de THC maior do que a maconha. Segundo alguns especialistas, o haxixe e outros concentrados de maconha podem chegar a níveis de THC entre 40% e 80%, enquanto a maconha em forma de flor tem cerca de 20%, e é por isso que o “hash” geralmente tem efeitos muito mais fortes. 

Principais diferenças entre haxixe e maconha 

haxixe e maconha

Mas então, qual é a real diferença entre maconha e haxixe? O que normalmente chamamos de maconha são as flores secas da planta feminina da cannabis, popularmente chamadas de buds. O haxixe consiste em um concentrado de tricomas da flor (uma ou muitas), que foi previamente separado da flor por diferentes métodos, sendo um dos métodos mais famosos a peneiração. Os diferentes processos, métodos e qualidades utilizados na sua produção terão influência direta no produto obtido, pois, de fato, as formas e tipos de hash são múltiplas e variadas. 

Um dos principais fatores que tem influência na diferenciação entre o haxixe e a maconha é o sabor. Isso porque este pode diferir entre ambos justamente pela maneira pela qual é feita a extração do haxixe, sendo que, por vezes, o sabor do haxixe será mais terroso e menos floral do que a planta, mas isso irá depender muito do método de extração e de quanto material vegetal permanece no haxixe. 

Efeitos no corpo 

Muitas culturas acreditam que a maconha traz benefícios espirituais e físicos. Além disso, milhares de pessoas fazem o consumo e utilização da planta independente do seu estado de proibição devido aos benefícios terapêuticos que resultam de um uso contínuo. Estudos científicos mais recentes mostram que o THC reduz a náusea e a dor associadas a doenças como AIDS e câncer e também pode ajudar na mediação dos sintomas do glaucoma. O CBD tem sido pontuado como uma substância atrelada ao bem-estar devido ao seu pequeno ou nenhum efeito colateral negativo e a segurança do seu uso para adultos.  

Para muitos, o principal benefício do uso da maconha é recreativo, pois induz uma sensação de relaxamento nos usuários. Fisicamente, não há registros históricos de que o uso de haxixe ou maconha possa causar uma overdose, como existe de álcool ou cocaína, mas, usar muito de qualquer uma das substâncias pode levar a paranoia, ansiedade, enjoos, vômito e pânico. 

Tanto a flor quanto o haxixe podem ser usados por pacientes médicos para tratar vários sintomas, incluindo dor, náusea, inchaço, depressão e ansiedade. 

Alguns efeitos incluem: 

  • Relaxamento 
  • Euforia (alegria intensa) 
  • Ansiedade 
  • Aumento do apetite 
  • Sentidos alterados, como ver cores mais brilhantes ou sentir o tempo passar mais devagar 
  • Coordenação prejudicada 
  • Aumento da frequência cardíaca 
  • Aumento da pressão arterial 

Esse texto não recomenda o uso de cannabis, seja no formato de cannabis ou haxixe, sem que seja feito uma consulta médica em caso de uso medicinal ou sem o uso de estratégias de redução de danos em caso de uso recreativo. Acreditamos no poder terapêutico da cannabis em todas as suas formas, porém sempre lembramos aos usuários que, para algumas pessoas, esse uso pode ser problemático e até danoso.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!