Diferença entre o óleo da semente do cânhamo e o óleo de CBD

Muitas pessoas confundem ambos os insumos, mas tanto suas origens, bem como seus componentes e aplicações são diferentes; entenda

O cânhamo é constituído de sementes, caules e flores, assim como a cannabis, mas essas partes de sua estrutura são comumente usadas para fins industriais. Entre as matérias-primas que são produzidas por meio dessa planta, o óleo da semente e o óleo da flor são dois dos mais conhecidos e que têm inúmeros benefícios. Mas afinal, quais são as diferenças entre os óleos da cannabis?

 

Óleo da semente de cânhamo

O óleo da semente do cânhamo é extraído, como diz o nome, da semente. Ele contém proteína, ômega-3, ômega-6, vitaminas e ácidos graxos essenciais e suas quantidades de THC, CBD e outros fitocanabinoides são insignificantes. Por conta dessas propriedades, é fonte de proteína vegetal, previne doenças cardiovasculares, inflamações, é antibactericida, trata acne e outras doenças da pele, entre outras.  

Ainda, pode ser usado na culinária, em cosméticos, produtos industriais, suplementos e mais. No Brasil, no entanto, o acesso a esse insumo ainda é proibido, pois o cânhamo não tem cultivo permitido no Brasil e as importações de seus derivados estão em uma zona legal cinzenta.

 

Óleo da flor de cânhamo ou óleo de CBD

óleo da cannabis diferençasJá o óleo da flor do cânhamo, considerado óleo de CBD, é extraído das flores e, em alguns casos, até de galhos e folhas, os quais também contêm fitocanabinoides e outros princípios ativos. É composto majoritariamente de CBD, pois o cânhamo é cultivado com quantidades baixas de THC que não causam efeitos psicotrópicos – esse nível de concentração é definido de acordo com a regulamentação de cada país e pode variar de 0,2% a 2%.

O uso do óleo de CBD também se difere do óleo de semente de cânhamo. O insumo extraído das flores é usado de forma terapêutica para controlar a dor, relaxar, diminuir a ansiedade e também pode ser usado em cosméticos. Esse produto, no entanto, é possível de obter no Brasil, pois a regulamentação via Anvisa permite sua importação para fins medicinais. Além disso, há, também, outras formas de conseguir acesso ao óleo de CBD, por meio de associações, farmácias, ou auto cultivo autorizado por habeas corpus.

 

Diferenças entre óleo de semente e flor de cânhamo

As principais diferenças entre o óleo da semente e da flor do cânhamo, portanto , estão nas partes das quais são extraídos os óleos, sendo um da semente e outro da flor. Ainda, os componentes dos insumos e as aplicações nas indústrias e no dia a dia se diferem, bem como as formas de acesso no Brasil.

Essas são apenas duas matérias-primas importantes geradas a partir do cânhamo e que podem atingir inúmeros setores, o que beneficiaria muito o Brasil em um cenário de regulamentação. No relatório “Cânhamo no Brasil”, a Kaya Mind trouxe informações essenciais para entender como se daria um mercado de cânhamo no país, desde suas aplicações nas indústrias até uma projeção de mercado. Leia aqui.

 

Cuidados necessários com as publicidades em produtos de cannabis

O processo de regulamentação e legalização da cannabis está acontecendo de diferentes formas ao redor do mundo e ainda não há, no conceito de nenhum especialista, um modelo ideal a ser seguido, pois cada nação teve uma tratativa e consequências diferentes com a proibição. Nesse momento, torna-se importante aprender com o erro de nações vizinhas que estão à frente no processo, sendo, para o Brasil, o exemplo uruguaio, canadense e estadunidense.

Quando se trata da diferença entre os óleos, algo possível de acompanhar que acontece nesse mercado é a confusão — intencional ou não — que as marcas começam a criar quando mesclam termos e benefícios de diferentes produtos de cannabis e cânhamo. Como o CBD e o óleo de semente de cânhamo estão na mesma família da cannabis, muitas vezes eles são comercializados incorretamente como o mesmo produto. Isso acontece, pois os consumidores estão dispostos a pagar mais por um produto que tem em sua composição o óleo de CBD, um ingrediente mais caro do que o óleo da semente, por exemplo.

No Brasil, um exemplo disso é o CBA, um composto não derivado da maconha, mas que, devido a sua atuação no sistema endocanabinoide, é colocado em fórmulas de cosméticos para tentar abraçar uma fatia do mercado que busca os benefícios do CBD. No entanto, pela falta de regulamentação, não é possível encontrar este último ingrediente em produtos nacionais.

 

Como comprar o óleo certo para você no Brasil?

No Brasil, a regulamentação não tão abrangente impossibilita a disseminação de informação necessária sobre como iniciar um tratamento à base de cannabis e como obter os produtos disponíveis no mercado. No entanto, é muito importante saber quais são os medicamentos adequados para suas especificidades e condições médicas e, para isso, nada mais importante do que consultar um profissional de saúde.

Veja aqui um passo a passo de como virar paciente medicinal de cannabis no Brasil e aqui os derivados da planta disponíveis para importação e comercialização no país.

 

Cadastre-se em nossa newsletter!

    Compartilhe essa informação!

    primeiro animal a ser tratado com cannabis

    Primeiro animal a ser tratado com cannabis

    O uso veterinário da cannabis tem se tornado uma pauta importante no meio canábico e na indústria pet, mas, na verdade, os animais de estimação já são tratados à base da planta há centenas de anos; conheça o histórico

    Leia Mais!

    Contato

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.