Floração da Maconha: tempo, fases, fertilização, dicas e mais

Tempo de leitura: 8 min

Publicado em

Descubra tudo o que você precisa saber sobre a floração da maconha, incluindo os estágios e como fertilizar corretamente as plantas durante este período, neste guia completo para cultivadores de cannabis.

Quem já cultiva cannabis ou vem lendo mais sobre esse assunto, já se deparou com a palavra: fase de flora ou a floração da maconha. Essa fase é essencial para quem quer colher as flores de maconha, pois é justamente nesse período que a planta começara com suas inflorescências que resultam nos lindos buds, que a maioria dos growers está atras.

floração maconha

Se você está um pouco perdido, recomendamos que você leia nosso texto sobre auto cultivo primeiro, agora se você sabe bem do que estamos falando, no texto de hoje vamos explicar tudo e mais um pouco sobre essa fase crucial para quem quer produzir lindas flores. Vamos juntos!

O que é a floração da maconha?

A planta da cannabis é movida por ciclos, algo muito similar ao que acontece com diversas outras plantas na natureza. No caso da nossa plantinha em questão, seu período de crescimento ou de “engorda” é a fase vegetativa, quando sua planta começará a crescer rapidamente e irá produzir mais folhas e ramificações, além de o caule principal começar a engrossar, dando a ela a estrutura física que ela precisa antes de começar a carregar as flores.

floração da cannabis

Em um determinado momento, as plantas começam a atingir o ponto ótimo em que devem ser “viradas” para a flora. Mas, o que significa isso? O jargão é muito utilizado pelos growers e significa mudar a quantidade de luz que a planta está recebendo, o que irá fazer com que a planta saia do seu estado vegetativo e entre na sua fase de floração. Calma que vamos explicar mais.

Quando as plantas da cannabis atingem esse ponto ótimo elas deixam de crescer apenas verticalmente e começam a também produzir pequenas folhas na região dos nós, em que os ramos estão saindo dos caules maiores. Essa é a fase em que a planta começa a ficar pronta para receber outro tipo de energia e é chamado de fase pré-floração e, como grower você precisará adaptar o local em que está a planta para acomodá-la nessa nova fase. Leia mais sobre cada uma das fases no próximo tópico.

Afinal, o que é então a flora da maconha? É a fase em que a planta, ao receber menos luz (12h por dia) e começa a desenvolver as flores de maconha. A duração da flora muda muito conforme a strain da planta e as condições de cultivo. Geralmente, a floração dura entre 7 e 9 semanas, mas em strains mais sativas, esse período pode se estender para 10 semanas ou mais. Lembrando que a contagem das semanas é algo que também gera muitas dúvidas entre os growers, porém no geral é a partir do surgimento dos primeiros “pelinhos” e não quando é feita a virada da luz.

Estágios da fase de floração da cannabis

Quando você ou sua planta estiverem prontos para entrar na fase da floração, a mudança na quantidade de luz será a primeira etapa, porém esse é um processo delicado em que, a cada semana sua planta estará muito diferente da semana anterior e, os cuidados com ela também irão mudar e, por isso, separa-se essa fase em pequenas etapas menores, conforme descrito abaixo.

Pré-Floração ou Início da flora (Semana 1 a 3)

O primeiro e, talvez mais importante ponto a falarmos nas primeiras semanas é que, se você não estiver usando sementes feminizadas ou automáticas, será nessas primeiras semanas que você determinará o sexo da sua planta.

hora da colheita

–> leia esse texto para entender como identificar se sua planta de cannabis é macho ou fêmea.

Caso todas as suas plantas sejam femininas, você pode pular essa etapa de identificação e se atentar aos nódulos da planta, pois é nessa região que começaram a se desenvolver os primeiros pelinhos ou o início dos buds. Essa primeira etapa é chamada de estiramento, pois as plantas de cannabis continuam a crescer, expandindo sua altura e desenvolvendo novas folhas. Esse período de crescimento rápido é um preparativo para a formação dos buds, que inclusive, precisam de nutrientes de crescimento (usados na vega) para suportar o crescimento acelerado. Cuidados e manutenção adequados nas semanas iniciais estabelecem o palco para uma colheita farta posteriormente.

Sua planta irá começar a crescer muito, não se preocupe, isso é normal e esperado que aconteça antes dela poder crescer os frutos. Nessa fase, alguns growers usam de técnicas de LST (Low Stress Training) para abrir o meio da planta, pois assim ela tem a chance de desenvolver mais pontos de nódulos, região que formará os buds.

No início da fase de floração, as plantas de cannabis formam estruturas conhecidas como “nós” nas axilas das folhas. Esses nós são o local onde os botões se desenvolverão. As flores, ou botões, começam a surgir nesses nós, primeiro como pequenos cúmulos de estruturas cobertas de tricomas, que contêm os canabinoides. Com o tempo, essas estruturas se desenvolvem em botões densos e resinados.

Meio da flora (Semana 4 a 5/6)

Quando você já é capaz de identificar os buds (mesmo eles ainda não se parecendo totalmente com uma flor de maconha), esse é o momento que se considera a metade do processo, pois os brotos ou frutos começam a se tornar mais densos e ficam mais parecidos com a forma que terão ao final do processo. Os pistilos (pelos brancos) começam a se destacar nos brotos, e os primeiros tricomas começam a aparecer. O aroma ainda é sutil, mas as plantas estão se preparando para em breve soltarem seu aroma e deixarem qualquer ambiente perfumado.

Nessa fase, os nutrientes já passam a ser exclusivamente os da flora, pois são mais focados nos nutrientes Fósforo (P) e Potássio (K). Fique muito atento com a alimentação das plantas e em quais fertilizantes e adubos você está usando, pois a superalimentação ou desnutrição serão fatais para seus buds que terão muita dificuldade de se recuperar de qualquer stress nesse período.

Busque o ambiente mais estável possível para suas plantas, assim como uma temperatura amena e menor de 26ºC (com luz) e, abaixo dos 18ºC no período noturno, além de uma umidade de 30 a 40% do ambiente. Aproveite esse período, as plantas se tornam lindas e as cores são muito vivas!

Amadurecimento (Semanas 6/7 em diante)

Chegando mais ao final do processo, é quando muitos cultivadores fazem os principais erros por inexperiência ou ansiedade para a colheita. Nossa dica é: dê tempo ao tempo e não antecipe o processo!

Suas plantas começarão a atingir agora, a fase de maturidade mais e os buds começam a ficar maiores e mais pegajosos, liberando um aroma intenso e amadurecendo os tricomas (que na lente macro será possível ver que deixam de ser totalmente transparentes).

As folhas de baixo começam a amarelar e cair, enquanto os tricomas, responsáveis pelos compostos químicos como THC e CBD, tornam-se mais evidentes. Para prevenir o crescimento de fungos, é importante reduzir a umidade relativa para cerca de 40%.

Flush e colheita (últimas 2 semanas)

A maioria das strains estará pronta para essa última etapa que será a da colheita, após oito semanas ou a melhor forma de identificar é olhar quando os tricomas estiverem predominantemente brancos e leitosos. Nessa fase, é muito importante estar atento a planta, porém como ela estará mais próxima de estar pronta, é ainda mais importante que você faça alguns processos antes da colheita que, além de aumentarem o seu rendimento, também vão te ajudar a melhorar o resultado da sua planta!

tricomas qualidade da maconha

O flush talvez seja um dos processos mais importantes dessa fase, em especial para quem não usou a adubação orgânica, a retirada dos nutrientes vai ajudar a “limpar” o gosto da planta quando ela for fumada, além de garantir que o usuário final não vai inalar nenhuma substância tóxica para si. Esse processo é feito a partir da limpeza do solo, ou seja, quando você coloca tanta água no vaso que a água que sair por baixo do vaso carregará parte dos nutrientes.

A quantidade de água varia muito, porém na grande maioria dos lugares existe um consenso de que com 2x o volume do vaso em água, qualquer solo estará limpo. Outro processo importante é o da escuridão total nas 24 a 48 horas anteriores ao corte, nessa fase o quarto ou ambiente deve estar totalmente sem luz (seja ela artificial ou natural) para que ela se sinta sob estresse e produza mais tricomas. Outro processo que pode ajudar o número de tricomas é diminuir as temperaturas do ambiente também.

Fertilização durante a fase de floração da maconha

A fertilização é um aspecto importante do cultivo da cannabis durante a floração. Durante este estágio, as plantas requerem nutrientes diferentes dos que necessitam durante o período vegetativo. É importante escolher um fertilizante específico para a fase de floração e seguir as instruções cuidadosamente para evitar danos às plantas.

floração da maconha

Lembre-se sempre de se atentar ao que os fabricantes estão falando na embalagem, pois apesar de muitos cultivadores desenvolverem suas próprias dosagens, o que está no rótulo foi estudado e é um bom ponto de partida para quem está começando.

Outra dica interessante para quem nunca passou por um ciclo completo de cannabis é o de comprar os fertilizantes que já entregam todos os nutrientes necessários em um único recipiente, pois identificar as deficiências da planta pode ser um processo bastante árduo e confuso, resultando muitas vezes em um diagnóstico errado, que pode piorar a situação. Sendo assim, quem não tem muita experiencia deve buscar um número menor de soluções separadas e buscar por fertilizantes que contenham tudo que a planta precisa.

Não deixe de sempre medir o PH da sua água (a que está sendo usada para regar a planta e a água que sai por debaixo do vaso) para entender como está a saúde das suas raízes e, se você consegue medir o EC, essa é uma outra variável que irá te ajudar a entender se as suas plantas estão absorvendo corretamente os nutrientes.

A floração é um processo crucial para o sucesso do cultivo de cannabis. Compreender os estágios da floração e como cultivar com sucesso pode ajudá-lo(a) a obter as melhores flores possíveis. Esperamos que este post tenha sido útil para você em sua jornada como cultivador de cannabis.

Perguntas e respostas

  • Como identificar o início da floração?

Busque pelo desenvolvimento dos primeiros “pelos” nos nódulos, se você ver uma semente ou uma bolsinha sendo formada, isso significa que é uma planta macho.

  • Quando passar para floração?

Quando sua planta estiver com o caule mais grosso e uma quantidade de ramos que você considera interessante. Ela deve ter no mínimo 3 a 5 nós ou será muito pequena.

  • Como forçar a floração?

Mude o período da luz de 18h por dia para apenas 12h por dia, com isso a planta de cannabis será obrigada a começar a florir seus frutos ou buds.

  • Quanto tempo dura a fase de floração da maconha?

A fase de floração da maconha dura em média de 6 a 10 semanas, dependendo da variedade da planta.

  • Como controlar o cheiro forte durante a floração?

Para controlar o cheiro forte durante a floração, é recomendado usar filtros de carvão ativado e ventilação adequada.

colheita cannabis
  • Como aumentar o rendimento da colheita durante a fase de floração da maconha?

Para aumentar seus rendimentos na fase de floração é essencial que você use os nutrientes corretos, esteja sempre de olho na sua planta e controlando principalmente a umidade e a temperatura, que podem estagnar o desenvolvimento.

  • Como saber se as plantas de cannabis estão prontas para a colheita durante a floração?

As plantas estão prontas para a colheita durante a floração quando os tricomas estão turvos ou leitosos e começam a ficar âmbar.

  • O que é flushing e por que é importante durante a fase de floração?

Flushing é o processo de regar as plantas apenas com água (sem nutrientes) antes da colheita para remover qualquer excesso de nutrientes dos tecidos das plantas e melhorar o sabor e aroma da maconha.

  • Quais são os nutrientes necessários para as plantas de maconha durante a fase de floração?

Assim como nas outras fases, balancear o NPK será sempre o mais importante, porém durante a fase de floração, as plantas de maconha precisam de nutrientes específicos para florescer, incluindo fósforo, potássio e outros micronutrientes.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Maria Riscala

Temple Ball: aprenda tudo sobre esse tipo de haxixe

Explore o mundo fascinante das Temple Balls: de sua rica história, ligada ao lendário Frenchy Cannoli, até dicas práticas de uso e aplicação medicinal. Descubra como esta antiga arte pode enriquecer sua experiência com cannabis.

Leia mais

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!

    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x