Fertilizantes e adubo para cannabis: a importância dos nutrientes no cultivo

Tempo de leitura: 7 min

Publicado em

Diversos elementos auxiliam no desenvolvimento adequado da cannabis e podem ser utilizados para a obtenção de plantas saudáveis e abundantes.

Já falamos sobre o autocultivo da cannabis e as fases que compõe esse processo, agora vamos explorar uma etapa mais específica, que é a nutrição da planta! Venha entender como o uso de fertilizantes e o adubo de cannabis podem ajudar nesse processo!

Por que precisamos de fertilizantes e adubo para cannabis?

Todos os seres vivos desse planeta necessitam de uma série de elementos para crescerem de forma saudável, e para isso contam com uma grande diversidade de nutrientes que os ajudam a adquirir sustância e evitar problemas no desenvolvimento.

Com a cannabis não é diferente. Para obter uma planta saudável e abundante, algumas substâncias são essenciais e causam impactos muito satisfatórios! Vamos entender quais são esses elementos e como eles atuam.

Assim como no reino animal, o ar e água são responsáveis por oferecer substâncias essenciais para a sobrevivência dos seres vivos. É a partir deles, que os vegetais obtêm oxigênio, hidrogênio e carbono. Mas diferente de nós, as plantas são diretamente dependentes do solo, pois ele abriga e sustenta as suas raízes, o que o torna um fator importantíssimo na sua nutrição.

A preparação do solo

O solo é um recurso natural com características físicas, químicas e biológicas e cada tipo de solo possui suas particularidades. Da mesma forma, cada planta e condição irá demandar um certo conjunto de nutrientes, e necessita que esses elementos estejam disponíveis no seu ambiente. Há diversos tipos de solo na natureza e cada um possui características específicas.

Como essa variação é extensa, é importante você saber que nem todo solo está pronto para atender as demandas da cannabis, e assim, alguns aspectos devem ser avaliados. É fundamental averiguar a textura do solo, a sua capacidade de drenagem e retenção de água.

Fertilizantes-e-adubo-de-cannabis

A cannabis prefere solos mais leves e menos arenosos e é necessário um equilíbrio entre capacidade de drenagem e retenção de água, ou seja, ao mesmo tempo que a umidade do solo é importante, a água não deve ficar acumulada em sua superfície, pois isso afeta as raízes e pode fazer com que elas adoeçam.

Quando se faz a opção pelo plantio em vasos, alguns growers preferem solos inertes, ou seja, que se focam no caráter físico do solo, para que possam posteriormente adicionar e monitorar os elementos nutritivos e a microvida envolvida no cultivo. Para compor o solo, alguns substratos podem ser adquiridos e oferecem um ambiente mais saudável para o cultivo da planta. Seguem alguns exemplos:

  • Turfa de Sphagnum: A turfa é uma matéria orgânica resultante da decomposição de musgos Sphagnum, possuem um PH mais baixo, e é ideal para controlar esse aspecto do solo.
  • Perlita: Derivada da decomposição de rochas vulcânicas, é um mineral utilizado para elevar o PH do solo, e muito comum em vasos, para proteger a temperatura.
  • Fibra de Coco: Extraída na camada externa e fibrosa que envolve a semente do fruto (o mesocarpo do coco), auxilia na aeração e na ramificação das raízes da cannabis, retenção de umidade e nutrientes.
  • Vermiculita: É um mineral derivado do basalto. É importante para a aeração e retenção de água, e para ajudar a planta a absorver os minerais.
  • Humus: é um material orgânico derivado da decomposição de diversos organismos de origem animal ou vegetal, e são uma fonte de nitrogênio, carbono, fósforo e enxofre.

Algumas sugestões:

  • 30% de Turfa
  • 25% de Perlita
  • 25% de Vermiculita
  • 20% de Húmus

Ou

  • 33% de Turfa
  • 33% Perlita
  • 33% de Fibra de Coco

Os cuidados com os nutrientes do solo e o NPK

A escolha do solo ideal depende do tipo de cepa, do clima, da região em que você vive, e das condições de cultivo. As demandas de cada planta variam, mas em grande parte dos casos, é necessário recorrer a fertilizantes e adubo de cannabis. Os fertilizantes são produtos químicos ou orgânicos ricos em uma variedade de elementos que são utilizados para nutrir a planta com micro e macronutrientes e criar um ambiente de microrganismos vantajosos a ela.

NPK-cannabis-fertilizantes

No caso da compra de fertilizantes prontos, é fundamental compreender a composição desse produto e a proporção entre os principais macronutrientes: o Nitrogênio (N), o Fósforo (P) e o Potássio (K).

O nitrogênio (N) participa da produção de aminoácidos (proteínas), e é um dos componentes da clorofila (a substância responsável pela cor verde das plantas), e por esse motivo, ele é fundamental durante a fotossíntese. A falta de nitrogênio resulta em um aspecto amarelado e dá uma sensação de que a planta está debilitada.

O fósforo (P) é um elemento necessário para que a planta cresça forte e saudável. Ele auxilia na produção de ATP e fosfolipídios, o que fortalece as membranas celulares da planta. Isso significa que o componente é importante para que a planta obtenha energia suficiente para se desenvolver e manter sua estrutura.

Por fim, o potássio (K) participa do transporte dos elementos essenciais da planta, ou seja, durante a fotossíntese, auxilia na absorção de gás carbônico e fortalece as paredes das células da cannabis.

npk fertilizantes cannabis

Cada fase do desenvolvimento da planta envolve um tipo de tratamento e uma quantidade específica de nutrientes. Como o nitrogênio, o fósforo e o potássio são os elementos estruturais principais, a primeira coisa que você vai notar ao ver um fertilizante é que as letras correspondentes a cada um (NPK) vai estar presente no rótulo, e a concentração de cada um também.

No caso de um produto que apresenta “4-8-8” em sua embalagem, o 4 corresponde ao N (Nitrogênio), o 8 ao P (Fósforo) e o 8 ao K (Potássio), e esses números indicam que as proporções de fósforo e potássio são bem superiores as de Nitrogênio.

Há produtos com diferentes proporções desses macronutrientes, pois não existe uma fórmula exata que você tenha que seguir obrigatoriamente. Além disso, disponibilizar uma boa variedade de micronutrientes também é de grande importância para fatores como os sabores, odores e qualidade nutritiva. A planta prioriza elementos diferentes em cada estágio da sua vida, e o grower pode observar e agir conforme as necessidades de cada caso. Então, vamos dar apenas uma sugestão geral:

  1. Na fase vegetativa, a cannabis precisa consumir mais nitrogênio e potássio do que fósforo. O indicado é que o nitrogênio seja em maior proporção, o potássio metade do nitrogênio e o fósforo um pouco menos do que o nitrogênio. Na fase de floração é importante reduzir o nitrogênio.
  2. fertilizantes para vegetação, para floração, proteínas, estimulantes de floração e de raízes. Todos podem ser utilizados para alimentar a sua planta, mas lembre-se também de não exagerar na adubação e na fertilização, pois o excesso pode ser prejudicial!
  3. A frequência em que você deve usar esses produtos depende muito da especificação do rótulo e de cada caso. Algumas marcas sugerem a aplicação apenas uma vez na semana, outras indicam uma vez no mês. Não deixe de seguir as instruções para que tudo ocorra como o planejado.
  4. Além disso, com o tempo você vai começar a identificar visualmente de forma natural as fases e os sinais pelo comportamento da sua planta, a seguir podemos ver como as folham costumam manifestar certas deficiências ou excessos.
deficiência nutricional cannabis identificação visual

O PH e a sua influência no cultivo

Outro fator importante que deve ser controlado é o nível do PH da água e do solo. O PH está relacionado com os níveis de acidez e alcalinidade nas plantas, e o hidrogênio é o principal elemento envolvido nesse processo.

A concentração de íons de hidrogênio que compõe a escala de PH varia de 0 a 14, sendo que números mais baixos indicam mais acidez, e números mais altos indicam mais alcalinidade.

O valor ideal para o cultivo de cannabis, é um intervalo entre 5,8 e 6,3, dependendo do estágio de crescimento, ou seja, a planta prefere um PH mais neutro. Se o indicador estiver fora desse intervalo, a colheita da planta pode ser prejudicada.

É possível monitorar o PH do solo e da água, pois existem uma variedade de medidores específicos para verificar esses valores, e eles ajudam para que você encontre o equilíbrio ideal para o cultivo da sua planta. Um solo com PH ácido ou alcalino pode ser controlado a partir do uso de substratos, adubos e até fazendo a lavagem do solo. O importante é identificar esses níveis para que você possa tomar as providências corretas.

Uma outra técnica para manter o solo saudável é a famosa Cultura de Cobertura (Cover crops). Consiste em alternar o plantio de um vegetal com o de outra planta. Como cada planta absorve e devolve nutrientes diferentes para o solo, alternar os cultivos pode ser uma opção interessante. Além disso, garantindo-se a cobertura vegetal a todo tempo evita-se deixar o solo exposto ao risco de compactação e lixiviação de nutrientes.

Elementos que podem ser aproveitados para nutrir sua planta

Algumas opções tornam a nutrição da sua planta um pouco mais simples, pois alimentos muito comuns na nossa casa podem ser aproveitados para nutrir o solo e a cannabis.

Restos e cascas de alimentos podem ser uteis para adubar o seu solo, pois cascas de ovos, de batata, de banana e de manga ricas em vitaminas e sais minerais. Cascas de ovos e leite são ricos em cálcio, e feijão e leguminosas e até borras de café, podem ser utilizadas como fontes de nitrogênio.

Onde adquirir os produtos

As growshops são estabelecimentos especializados no comércio de todos os equipamentos e insumos necessários no cultivo de cannabis. Além disso, diversas growshop também oferecem suporte para os interessados em cultivar a planta, pois contam com profissionais experientes nessa prática!

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ramon
Ramon
20 dias atrás

Aula meus amigos

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    1
    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x