Políticos que são mais associados à cannabis pela mídia

A cannabis é um tema recorrente na mídia e, muitas vezes, está associada à política e às figuras públicas dessa área; entenda quais são os políticos mais mencionados pela imprensa quando o assunto é cannabis 

Os políticos que defendem ou são contrários à cannabis também são muito mencionados pela mídia, mas muitos dos que são associados ao tema nesses veículos não necessariamente têm projetos voltados para a planta ou estão presentes em outros debates que não online. A imprensa, no entanto, é uma plataforma importante para a luta em torno da maconha, pois publicações podem ter uma forte influência na forma como as outras pessoas constroem suas percepções sobre o tema.  

A Kaya Mind, inclusive, fez uma análise sobre a evolução do número de matérias sobre a cannabis que foram publicadas nacionalmente nos últimos anos. O primeiro relatório da empresa, chamado “Cannabis na Imprensa”, discorre amplamente sobre esse assunto. 

menções à cannabis na mídia

Por isso, avaliar a repercussão dos posicionamentos em relação à cannabis na imprensa é, de certa forma, entender o perfil e a influência dessas pessoas públicas. Foram inúmeros políticos mapeados pela Kaya Mind entre o período de 1 de janeiro de 2021 a 12 de março de 2022, sendo que 10 se destacaram pela sua presença na imprensa. Veja abaixo:

Jair Bolsonaro (PL)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) é a pessoa mais citada em matérias que falam sobre cannabis, somando o total de 4.023 vezes. Além do fato de ser chefe de Estado, ele também se posiciona fortemente contra o uso da cannabis, sendo que já ironizou até o consumo medicinal da planta, quando foi repreendido por recomendar cloroquina para tratar Covid-19. Também é um grande crítico do PL 399/2015 – chamou o projeto de “porcaria” e afirmou que o vetaria quando chegasse o momento de sua decisão.

Em 2020, substituiu o ex-presidente da Anvisa, William Dib, que costumava ser a favor de uma regulamentação mais abrangente da cannabis medicinal, pelo Antônio Barra Torres, alinhado com seus interesses e contra a planta.

 

Luciano Ducci (PSB-PR)

Relator do PL 399/2015, recentemente aprovado pela Comissão especial da Câmara dos deputados, e médico, Luciano Ducci é o terceiro mais citado pela imprensa, com o total de 941 menções. Assim como Paulo Teixeira, ele tem sido mais associado à cannabis pela mídia porque é um porta-voz da proposta, que vem movimentando o mercado da planta no Brasil.

 

Paulo Teixeira (PT-SP)

Paulo Teixeira foi 707 vezes mencionado pela imprensa, alcançando o segundo lugar de políticos mais citados. Ele foi presidente da Comissão especial da Câmara dos Deputados que se reuniu para debater a decisão em torno do PL 399/2015, que visa o cultivo da cannabis para fins medicinais e industriais. Sua presença na mídia é majoritariamente relacionada ao avanço dessa proposta no Congresso, pois se tornou um dos principais porta-vozes do tema.

 

Fábio Mitidieri (PSD)

Assim como Paulo Teixeira e Luciano Ducci, Fabio Mitidieri é um dos mais mencionados por conta de sua ligação com o PL 399/2015. Ele foi autor do projeto, o mais conhecido do meio em relação à cannabis e que pretende ampliar o acesso ao uso medicinal da planta para os pacientes que necessitam desse tratamento.

Fabio apareceu 465 vezes na imprensa no período delimitado, a mesma quantidade de vezes que Diego Garcia.

 

Diego Garcia (Podemos-PR)

O deputado Diego Garcia teve o total de 426 citações, pois foi um personagem importante na tramitação do PL 399/2015 na Comissão especial da Câmara dos Deputados. Além de se posicionar contrário à proposta e à cannabis, durante uma das deliberações ele agrediu o presidente da Comissão, Paulo Teixeira, por querer impedir a votação de continuar.   

O PL 399 foi aprovado pela Comissão especial da Câmara dos Deputados e ainda está passando por um crivo que o levará ou para o Senado ou plenário.

politicos que mais falam sobre maconha

Osmar Terra (MDB)  

Osmar Terra é médico, ex-ministro da Cidadania e deputado federal. Ele é uma figura presente em diversos debates sobre a cannabis e sempre se posiciona de uma forma contrária à pauta. Por isso, seu nome é frequentemente mencionado pela mídia, o total de 321 vezes no período analisado.  

 

Roberto Jefferson (PTB) 

Citado 128 vezes na imprensa, Roberto Jefferson, presidente do PTB, proibiu os deputados do partido a votarem a favor do PL 399/2015 que estava em debate na Comissão especial da Câmara dos Deputados. Um dos parlamentares, no entanto, não seguiu a recomendação, o que fez Jefferson ameaçá-lo de expulsão do partido. Outro acontecimento que o colocou como um dos mais mencionados foi o fato de que rompeu relações com sua filha, Cristiane Brasil, por ela defender o uso medicinal da cannabis. 

 

Sergio Victor (Novo) 

O deputado é coordenador do grupo da Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e Cânhamo Industrial na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o que o coloca como defensor da pauta da cannabis na mídia. Ele já debateu diversas vezes o tema e concorda com a aprovação de projetos de lei, como o 1.180/19, mencionado abaixo. Sergio Victor foi citado 65 vezes na imprensa.  

 

Caio França (PSB) 

Caio França foi o vereador mais votado de São Vicente, no litoral paulista, em 2018. Por ser autor do projeto de lei 1.180/19, que visa o fornecimento gratuito de medicamentos à base de cannabis em unidades de saúde pública e privadas conveniadas ao SUS, tem uma grande visibilidade na mídia quando o assunto é maconha e foi mencionado 51 vezes. 

 

A maioria dos políticos que apareceram em destaque na mídia tem um posicionamento a favor da cannabis, mesmo que seja apenas para uso medicinal. Muitos deles, inclusive, atuaram no desenvolvimento de projetos de lei que possam regulamentar alguma forma de uso da planta.  Já os políticos contrários mencionados, são aqueles que mais se posicionam fortemente contra o tema.  

Cadastre-se em nossa newsletter!

    Compartilhe essa informação!

    tudo sobre cânhamo

    Cânhamo: tudo que você precisa saber

    O cânhamo é uma das grandes commodities atuais mundiais, pois tem uma série de utilidades industriais e benefícios sustentáveis, podendo contribuir significativamente para a economia e o meio ambiente

    Leia Mais!

    Contato

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.