Filmes e séries para ver chapado

Tempo de leitura: 9 min

Publicado em

Uma seleção especial feita pela Kaya Mind com filmes e séries para assistir chapado. Mais de 15 indicações para curtir depois de fumar um!

Por mais que tenha sido proibida por décadas, a cannabis tem influência importante em diversos âmbitos culturais. A planta tem uma relação importante com a sétima arte, por exemplo, pois sua criminalização nos Estados Unidos ocorreu durante o surgimento do cinema moderno e, por isso, se tornou tema de diversos filmes, sendo da maioria deles de forma pejorativa e por isso neste texto traremos diversos filmes e séries para ver chapado, seja para se divertir ou para se informar sobre a planta.

Filmes para assistir chapado

São inúmeras obras da sétima arte que abordam o tema da cannabis, que, inclusive, são conhecidas por serem bons filmes para assistir “chapado”:

Fonte: Adoro Cinema

Vício Inerente – Paul Thomas Anderson

Lançado em 2014, o filme se passa nos anos 1970, na Califórnia. A história é em torno de um detetive que investiga o desaparecimento de sua ex-namorada, que há pouco tinha pedido ajuda para encontrar seu atual amante.  O personagem principal, estrelado por Joaquin Phoenix, costuma lidar com seus casos por meio da fumaça de cigarros de maconha. Assita aqui!

Fonte: Twitter

Segurando as pontas – David Gordon Green

Com estreia em 2008, o filme, mais conhecido pelo seu nome em inglês “Pineapple Express”, retrata o prazer do protagonista (Seth Rogen) por uma cepa rara de maconha que o fazem ser perseguido por um traficante perigoso e um policial corrupto. Como a maioria dos filmes em que Rogen participa, esse também é estrelado por James Franco. Disponível no Prime Vídeo.

Jovens Loucos e Rebeldes – Richard Linklater

Esse filme, de 1993, retrata a descoberta da maconha na adolescência no último dia de aula de uma escola nos anos de 1970. Esses veteranos acabam se metendo em festas, carros em alta velocidade e confusão. Disponível na TV Apple.

Documentários sobre maconha no YouTube

Nada como transformar aquele momento gostoso, quando você está chapado, em um momento que também é educativo (além de relaxante, claro). Uma maneira interessante de se aprender mais sobre a planta da cannabis é assistindo aos muitos vídeos e documentários já produzidos que falam sobre esse tema, seja como uma fonte de terapia, uma questão de segurança e saúde pública, os impactos econômicos e políticos e até mesmo, os possíveis modelos de negócio que podem surgir com a regulamentação ampla da maconha no Brasil.  

Strain Hunters Morocco 

Onde assistir: YouTube 

Tempo de duração: 42 minutos 

Para algumas pessoas que já são interessadas no tema da cannabis há algum tempo, talvez esse seja um dos vídeos mais famosos sobre a produção de haxixe no Marrocos e estrela algumas lendas da maconha. Nesse vídeo é possível acompanhar uma expedição do time do Strain Hunters, um banco de sementes e grupo de dispensários que atua na Europa, buscar algumas das genéticas originais do país que é um dos principais berços da produção de haxixe no mundo.  

Dois grandes nomes do meio canábico mundial, Arjan e Franco, exploram as montanhas marroquinas, cobertas com grandes plantações de maconha e entendem mais sobre os processos originais da produção do famoso haxixe marroquino. 

The Cannabis Question 

Onde assistir: YouTube 

Tempo de duração: 54 minutos 

Um dos principais programas populares de ciências dos Estados Unidos produziu um material que explora a legalização da maconha pelos estados americanos, seus impactos, riscos e benefícios. O material exibe histórias individuais de usuários e pacientes medicinais, que viram suas vidas impactadas nas suas mais diversas formas pelo uso da maconha. Como a regulamentação no país muda de acordo com os estados, esse material também explora mais sobre como tem sido viver em um país em que a lei muda de acordo com as fronteiras e, em algumas delas, as punições ainda são muito sérias para quem é pego com a substância.  

De forma geral o material é muito focado na realidade que vivem os norte-americanos. No entanto, como no Brasil grande parte das marcas medicinais são procedentes do norte da América, muitas tendências acabam sendo aderidas. O material traz uma análise interessante e ponderada, apesar de contar alguns casos sensacionalista, o que pode causar um efeito negativo em quem está assistindo. 

Dançando com o Diabo 

Onde assistir: YouTube 

Tempo de duração: 1 hora e 40 minutos 

Essa produção tem um estilo e uma mensagem final muito diferente das vistas anteriormente. Produzido em 2008,  Dançando com o Diabo conta a história de três homens que vivem nas favelas do Rio de Janeiro e são impactados diariamente pela Guerra às Drogas. São eles o traficante Juarez Mendes, que controla o tráfico de drogas da região, o pastor evangélico Dione dos Santos, que tenta lutar contra a situação de pobreza e marginalidade das pessoas da região e o policial Leonardo da Silva Torres, que está na linha de frente do combate ao tráfico de drogas. Nessa narrativa, existe um debate muito mais amplo do que apenas o da cannabis, porém é um material importante que mostra como cada um dos personagens é afetado pelo mesmo problema e tem um olhar diferente sobre o que e o porquê de a situação acontecer.  

Apesar de ser um material já desatualizado em alguns âmbitos e o fato de não adentrar em alguns dos problemas mais estruturais e anteriores ao do tráfico de drogas, a maneira como são exibidas as experiências, sem uma interferência de locução ou entrevista, mostrando os personagens em seus em seus próprios ambientes, faz com que seja possível fazer uma análise mais interpretativa de quem está assistindo, sendo um material interessante e muito rico.  

Estado de Proibição 

Onde assistir: YouTube 

Tempo de duração: 20 minutos 

Um filme nacional lançado pela Plataforma Brasileira de Política de Drogas conta a história de mulheres que diariamente desafiam a lei brasileira. O material explora duas temáticas envolvendo a cannabis: mulheres que lutam para fazerem o cultivo da planta, para que a partir produção dos seus derivados, consigam o tratamento para seus filhos; e também mães que perderam seus filhos para a Guerra às Drogas. São 14 mulheres, todas mães, entrevistadas em um material emocionante e educativo para todos que gostam do tema da cannabis, pois mostra a realidade de uma família ao buscar um tratamento que pode salvar a vida de seu filho, enquanto outras mães se desesperam para manter seus filhos longe da maconha para não os ver associados ao crime e violência que envolvem a proibição às drogas.  

Esse material faz duras críticas a não regulamentação da maconha no Brasil e a forma como os agentes do estado, sejam eles legisladores ou policiais, lidam com a população que está no entorno de uma planta que é realidade no país.  

Cannabis no Uruguai – Além do mercado, uma cultura 

Onde assistir: YouTube 

Tempo de duração: 13 minutos 

O time da Hevva foi à Montevideo para viver a experiência da Expocannabis Uruguai, um dos maiores eventos da América Latina sobre o tema da cannabis, e entender como é a relação dos uruguaios com relação à planta da maconha, mas também com relação a regulamentação, seus impactos e como ela se faz presente no dia a dia.  

Em conversas com ativistas, cultivadores, empreendedores, pesquisadores e outros capturam falas importantes sobre como se sentem os moradores sobre o mercado da cannabis que se desenvolveu no país, a presença de marcas estrangeiras e os interesses internacionais na produção local, todos fatores que afetam pessoas que já conviviam e por vezes usavam a cannabis antes da legalização total da maconha no país.  

Documentários sobre maconha na Netflix

Weed the People

Lançado em 2018, o documentário “Weed The People” venceu cinco prêmios e trata sobre crianças diagnosticadas com câncer que buscam um tratamento com a cannabis. Ao entrevistar médicos, familiares e profissionais que quebram uma série de linhas de argumentação contrárias à maconha medicinal, o longa faz um alerta a respeito do impedimento governamental em relação ao potencial medicinal da maconha. 

Assista aqui!

Baseado em fatos raciais

Esse material, com estreia em 2019, aprofunda a história da cannabis e sua relação com o proibicionismo nos Estados Unidos, fazendo um importante paralelo com o cenário musical no país, desde o jazz ao hip hop. Os pontos abordados pelo documentário permeiam, principalmente, as injustiças raciais que vieram com a guerra às drogas.

Assista aqui.

Explicando “Weed”

Essa série documental explica diferentes temas em episódios curtos, sendo o 12º inteiramente sobre maconha. O material fala sobre a evolução da cannabis, passando por sua história, regulamentação, as novas genéticas da planta existentes e seus impactos negativos e positivos para a saúde. 

Assista aqui.

Montanha Mortal

Essa outra série documental traz um lado de suspense ao tema da cannabis. Uma mistura de investigação com sensacionalismo, Montanha Mortal mostra a vida de pessoas que moram em uma montanha no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, onde acontece a produção ilegal da maconha, mesmo que o estado tenha o cultivo da planta legalizada. No entanto, o crime está vinculado a este local, o que fez muitas pessoas desaparecerem.

Assista aqui.

Drogas – Oferta e Demanda

Dividido em 6 episódios, esse material trata de diferentes substâncias ilícitas e o verdadeiro impacto do tráfico de drogas. Na 2ª parte, trata da maconha, trazendo questões importantes a respeito da regulamentação da cannabis e de seu mercado legal enquanto ainda existe uma indústria ilícita. 

Assista aqui.

Séries para ver chapado

That ‘70s show 

70 show cannabis
Fonte: IMDb

Apesar de não ser uma série que fale diretamente da cannabis, toda a narrativa gira em torno da dinâmica entre amigos de longa data que se encontram no porão de um deles e, depois de algumas fumacinhas que surgem na tela, começam suas desventuras. O show que passou durante 1998 – 2006 retrata a relação desses adolescentes no período do colegial, faculdade e, como jovens adultos, sempre com a maconha como plano de fundo. Essa relação dos jovens com o uso adulto da cannabis é pouco explorada (como era de se esperar em uma série dos anos 90 retratando jovens dos anos 70), mas alguns atores da obra já se posicionaram sobre cannabis na vida real, como é o caso de Ashton Kutcher, Mila Kunis e o famoso Tommy Chong. 

A série ganhará um spin-off em janeiro de 2023, que será chamada de That ‘90s Show, e ambas estarão disponíveis na Netflix nessa data.  

Weeds 

weeds series sobre maconha
Fonte: IMDb

A série Weeds fala sobre o seu próprio título e gira em torno do tema da maconha, mas de uma maneira inusitada já que traz a história de uma mãe de dois que, quando perde seu marido, recorre a venda de maconha para sobreviver. O programa de televisão teve grande sucesso e foi ao ar durante mais de 7 anos. A série entrega diversos “plot twists”, porém mantendo sempre o tema central como pano de fundo e, em alguns momentos, consegue trazer à tona alguns debates importantes para o setor.   

A obra já foi vencedora de uma variedade de prêmios, sendo os mais relevantes o Emmy e Globo de Ouro e, segundo rumores, uma sequência já está em andamento. Para quem nunca viu, está disponível na Apple TV para todos virarem fãs! 

Negócio de Família 

negocios-de-familia-series-sobre-maconha
Fonte: IMDb

Já imaginou uma vida toda pensada de uma maneira e do nada você precisa mudar tudo? Pois bem, isso acontece com o personagem Joseph, um parisiense que está com seu negócio à beira da falência, além de ser um “desempreendedor” serial, em quem a família já não confia mais o negócio. Quando o governo francês acaba de anunciar que vai legalizar a venda de maconha no país, o empresário decide que a hora não poderia ser melhor para investir num novo empreendimento para conseguir dinheiro rápido. 

Com nome original de Family Business, a série é de origem francesa, foi criada e é realizada por Igor Gotesman, e tem interpretações de Jonathan Cohen, Gérard Darmon, Julia Piaton e Liliane Rovère. Disponível na Netflix. 

The Marijuana Show 

Fonte: MedicalJane

Se você gosta de programas de empreendedorismo, esse é para você. Considerada o “Shark Tank” da cannabis, a série The Marijuana Show mostra empreendedores que  apresentam seus negócios para veteranos experientes em busca de investimento. Atualmente, já está em sua 3ª temporada e desde o início trouxe diferentes cases de sucesso que vêm chamando a atenção dos investidores Jamie Perino, co-fundador dos dispensários de maconha Euflora; Brian Ruden, dono da Starbuds; e Joel Sherlock, da Doventi Capital, que investe no mercado de maconha legal. 

Infelizmente, não é possível assistir esse programa na Amazon Prime do Brasil, mas alguns pontos altos do programa podem ser vistos no YouTube. 

High Maintenance 

Fonte: IMDb

Essa talvez seja uma das séries menos conhecidas aqui no Brasil, mas ela tem muito a entregar para seus espectadores, sendo uma produção que vem chamando a atenção pelas informações que traz. Com 4 temporadas e 34 episódios, a narrativa acompanha a jornada de um traficante de maconha anônimo, conhecido como “O Cara” que faz suas entregas de bicicleta e mostra uma variedade de personagens da cidade de Nova York, além de como acontece a vida e a transação comercial entre o entregador e seus clientes. 

Essa é uma das séries relacionadas ao tema da cannabis que está mais bem avaliada no IMDb e já foi muito aclamada por críticos justamente por mostrar a cannabis sob uma ótica muito realista. Disponível na HBO Max. 

Se quiser conhecer outros materiais que também falam sobre produções canábicas não deixe de conferir: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!