Chocolate com cogumelo: aprenda a receita do “chocolate mágico”

Tempo de leitura: 6 min

Publicado em

Tendências no mercado atualmente, o consumo de cogumelos mágicos com chocolate tem crescido cada vez mais, por isso trouxemos uma receita nova para você fazer o seu em casa!

Existem muitas maneiras de consumir os cogumelos mágicos, que contém as propriedades terapêuticas e psicodélicas da psilocibina. É possível comê-los inteiros (em natura ou secos), em bebidas, em pó com as cápsulas, fazendo chá de cogumelo mágico ou incorporando-os à comida. Como o consumo via alimentos, tem crescido cada vez mais, hoje trouxemos uma nova receita para que vocês saibam como introduzir no seu dia a dia, o chocolate com cogumelo.

A verdade é que nem todo mundo gosta do sabor dos cogumelos, independentemente de ser in natura ou seco, então adicioná-los ao chocolate pode ser uma maneira eficaz de mascarar o sabor, além de permitir que você carregue discretamente cogumelos com você.

Este guia explica como fazer chocolates com cogumelos, tomando os cuidados necessários com o modo de fazer, benefícios terapêuticos, forma de armazenamento e descrevendo o passo a passo da receita.

Cogumelos mágicos e a temperatura

Quando pensamos em consumir uma droga, independente de qual seja, é importante sempre buscar a informação de como aquela substância reage à temperatura. Isso porque muitas substâncias mudam de composição e estrutura sob determinadas temperaturas, sejam elas frias ou quentes, o que altera a forma como aquela droga age no corpo.

microdosagem de psilocibina

No caso dos cogumelos mágicos, a substância que a maioria das pessoas está buscando que é a psilocibina, elemento que parece ser afetado por temperaturas mais altas. O cogumelo in natura se comporta de forma diferente dos cogumelos secos e não há consenso entre os especialistas sobre a temperatura ideal para sua decomposição.

Para alguns especialistas, a substância começa a se decompor por volta dos 70°C”, enquanto para outros mesmo que ela seja colocada em água fervente — que está mais próxima dos 100°C — não há uma mudança na forma como ela se comporta no nosso corpo. A recomendação mais recorrente que encontramos entre usuários e especialistas é incluir o cogumelo já seco depois que o cozimento foi feito, dessa forma, mesmo com o aumento da temperatura, a substância não irá se alterar com o tempo.

Nesse caso, uma maneira fácil de se manter seguro, é fazer a maior parte do cozimento primeiro e, em seguida, adicionar os cogumelos no final, quando o resto estiver esfriando. Então, com o chá, você ferverá a água, deixará esfriar um pouco e depois adicionará os cogumelos. Em breve explicaremos como funciona esse processo para os chocolates!

A relação entre o cacau e os cogumelos mágicos

Para quem nunca ouviu falar em um IMAO, esse é um primeiro conceito importante de explicarmos quando falamos do consumo de cogumelos com chocolates. Os IMAOs são inibidores da monoamina oxidase, e possuem uma série de finalidades terapêuticas para transtornos psiquiátricos.

No caso, essa informação é importante, pois o cacau cru e não refinado muitas vezes funciona como um IMAO leve e quando combinados aos cogumelos com ação psicodélica, podem ser potencializadores um do outro. Inclusive, essa combinação de cacau e cogumelos era usada pela civilização asteca da América Central e do Sul, e ficou conhecida como “combinação asteca”.

A maior parte do chocolate contém cacau refinado, no qual se perde a ação IMAO do cacau e por isso o cacau cru pode valer a pena no final, junto com os cogumelos, para potencializar ainda mais a ação terapêutica da sua mistura.

Determinando a dosagem do seu cogumelo

A primeira anotação importante a ser feita é que como a venda de cogumelos mágicos não é regulamentada no Brasil, muitas vezes é desafiador encontrar informações sobre a potência da substância em uma cepa de cogumelos, o que torna mais difícil qualquer cálculo de dosagem. A recomendação dos especialistas é que se comece com doses baixas e aumente com o tempo, uma forma de testar o efeito antes de senti-lo pôr completo.

Altas doses de psilocibina podem te levar a uma bad trip de cogumelos mágicos, uma sensação que pode ser extremamente desagradável e deve ser evitada, uma vez que os cogumelos podem ser tóxicos ao corpo humano. Assim, ao determinar sua dosagem, você deve considerar o quão potente deseja que cada pedaço de chocolate seja e a dose deve ser pensada para cada quadrado e não para a receita toda. Recomendamos que cada pedaço de chocolate contenha uma dose baixa, para que você possa consumir outra unidade, se quiser que a viagem seja mais forte.

Usando uma balança, você pode medir a quantidade, em gramas, de cogumelos para cada pedaço de chocolate. Uma dose bastante usada é a de 0,5g ou 1g de cubensis, uma vez que essas são doses baixas e facilmente divisíveis. Uma peça proporcionaria uma viagem leve, duas peças uma viagem de força moderada, e mais do que isso, uma viagem forte.

Outra dica importante é que se anote a dose que vai para o seu chocolate, e o tipo de cogumelo que foi usado. Seja para o seu consumo ou não, o uso de psicodélicos sempre deve ser feito com segurança e transparência. Todos os ingredientes, substâncias e quantidades que foram utilizadas devem ser corretamente informadas.

Os ingredientes da receita de chocolates com cogumelo

  • Cogumelos desidratados da sua preferência, cortados em pedaços bem pequenos
  • Chocolate pronto e na temperatura ambiente
  • Bacia de vidro
  • Panela de fundo grosso
  • Papel manteiga ou outro tipo para cozimento
  • Balança de cozinha

Como fazer seu chocolate com cogumelo

Passo 1: Coloque o chocolate de sua preferência em uma tigela de vidro, já cortado em pequenos pedaços para facilitar o derretimento por igual.

Passo 2: Derreta seu chocolate em banho maria na panela, coloque água até a metade (apenas para evitar que ela se derrame quando chegar à fervura). Deixe essa mistura esfriar durante alguns minutos antes de continuar a receita.

Passo 3: Aqui, você pode já misturar os cogumelos ou colocar o chocolate em uma forma com as divisórias, esperar esfriar e depois colocar o cogumelo pesado em cada pedaço. Caso deseje misturar tudo, se certifique de colocar pedaços bem pequenos e espalhados por toda a mistura.

Passo 4: Resfrie os chocolates de cogumelos mágicos deixando-os no balcão em temperatura ambiente e fora da geladeira, pois o chocolate pode esfriar de maneira errada que é quando o açúcar vem à superfície dos chocolates. Isso pode parecer desagradável, mesmo assim eles ainda serão perfeitamente seguros para comer.

Como armazenar seu chocolate com cogumelo?

Muitas pessoas guardam seus cogumelos mágicos desidratados no freezer ou na geladeira, uma maneira de diminuir a taxa de oxidação. No caso dos chocolates com cogumelo, essa é a forma ideal de se fazer o armazenamento, uma vez que manterá o chocolate na consistência desejada e conservará os cogumelos em temperatura fresca, preservando os ativos por mais tempo.

Recomenda-se que sejam colocados dentro de um saco com fechamento hermético ou em vidros temperados e com tampas herméticas e sempre envolvidos em papel manteiga ou antiaderente para evitar a perda de chocolate que pode derreter.

Benefícios de fazer o uso de cogumelos com chocolates

Existem vários benefícios em consumir cogumelos na forma de chocolate.

  1. Você pode mascarar o gosto que algumas pessoas não gostam dos cogumelos;
  2. O uso de cogumelos com chocolate pode ser mais discreto, uma vez que o chocolate é um produto amplamente consumido;
  3. O chocolate por si só tem benefícios terapêuticos;
  4. Muitas pessoas preferem fazer o consumo de estômago vazio, porém estar alimentado e hidratado é uma maneira de se evitar um efeito indesejado, como uma bad de cogumelos.
Disclaimer

Cogumelos são potencialmente categorizados como uma droga ilegal. A Kaya Mind não está incentivando o uso ou fabricação desta droga onde ela é proibida. No entanto, acreditamos que o fornecimento de informações é imprescindível para a segurança de quem optar por explorar esta substância. Este guia destina-se a fornecer conteúdo educacional e não deve, de forma alguma, ser visto como recomendações médicas.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe
Felipe
11 meses atrás

Só gostaria de corrigir a informação quanto a cogumelos serem classificados como ilegais. Na verdade a psilocibina em sua forma isolada, é proibida, cogumelos não… Mas conscientizar sempre será muito importante. Obrigado pelo conteúdo.

Marcela Romagnoli
Editor
1 mês atrás
Reply to  Felipe

Oi Felipe, bom ponto! Nós justamente utilizamos a palavra “potencialmente” por sabermos dessa informação. Ao longo do texto incluímos links para nossos textos que falam exclusivamente sobre a psilocibina e como ocorre sua legislação no Brasil. Obrigada pelo comentário!

Matheus
Matheus
6 meses atrás

Ao invés de cortar o cogumelo em pedaços pequenos pode ralar ele?

thatty
thatty
1 mês atrás
Reply to  Matheus

eles são duros de ralar, eu trituro eles no processador de verdura

Marcela Romagnoli
Editor
1 mês atrás
Reply to  Matheus

Pode sim Matheus! A ideia é que sejam pedaços pequenos para serem bem incorporados na receita.

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    5
    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x