Guia de Filtros e Piteiras: tipos, como usar e benefícios 

Tempo de leitura: 9 min

Publicado em

As piteiras e filtros são usados há muitos anos como uma estratégia de redução de danos, funcionam como uma camada adicional entre a fumaça do beck a boca do usuário.

Instrumentos conhecidos em todo o mundo, as piteiras e os filtros são acessórios usados em cigarros industrializados e artesanais, além de baseados de maconha, como uma maneira de colocar um espaço entre a boca de quem está fumando e a fumaça quente. Historicamente, esses acessórios também tiveram outra função, já que eram considerados como um acessório da moda para as mulheres que fumavam. Com o tempo, esse item saiu de moda, porém mais recentemente tem voltado a fazer sucesso, e dessa vez, não apenas com as mulheres.

Entenda tudo sobre o que são, quais as diferenças, benefícios e dicas de uso para incluir o filtro e as piteiras no seu consumo!

Por que usar piteiras e filtros

Se considerarmos que qualquer estratégia que mitigue o risco dos usuários vale a pena ser estudada, o uso de piteiras e filtros deveria ser obrigatório para todos que fumam. Para além do seu uso, atualmente já existem informações suficientes para entendermos como funciona e quais os impactos de inalarmos uma fumaça quente, seja ela do cigarro ou do baseado. Que o consumo de tabaco e qualquer outra substância que precisa ser carburada não é recomendada por médicos, todos sabem, mas para além dos riscos cancerígenos, já parou para pensar em quais são outros impactos desse consumo?

  1. Doenças derivadas da inalação: essa distância entre a boca de quem fuma e a fumaça é extremamente importante para proteger a região mucosa que temos na boca e na garganta, já que essas áreas são altamente suscetíveis a doenças causadas por fumaças e toxinas;
  1. Fumando papel: um dos principais fatores de prevenção do uso de filtros e piteiras é diminuir a quantidade de fumaça derivada da combustão do papel que irá para dentro do seu corpo, afinal, os usuários estão buscando fumar o tabaco ou a cannabis, sendo o papel de escolha uma consequência que pode ser evitada;
  1. Prevenção de queimaduras: um dos outros problemas de inalar a fumaça quente, fora as consequências para sua saúde no médio/longo prazo, é a possibilidade de você queimar a sua boca se a fumaça estiver mais quente do que o esperado. Com a piteira e o filtro, você diminui muito os riscos de isso acontecer;
  1. Mãos sem cheiro: uma das consequências negativas para quem fuma é o cheiro ruim que é deixado nas mãos. As piteiras, em especial as mais longas, ajudam a evitar isso e garantem mãos com menos cheiro de fumaça;
  1. Fumando até a ponta: como falamos no tópico 3, a fumaça quente é um problema, em especial no finalzinho do seu baseado, com a piteira você pode fumar até o último trago sem queimar a sua boca.

Diferença entre filtro e piteira

filtros e piteiras

A principal diferença entre esses dois itens está na composição e na função. O filtro capta, a partir do material do qual é feito, uma parte das substâncias ruins que vem com a fumaça, enquanto a piteira tem a função de criar distância entre a boca e o final do cigarro.

Existem diversos tipos de piteiras e filtros, tópico que falaremos mais adiante, porém esses dois produtos podem e, para quem quer reduzir ainda mais os danos, devem, ser usados em conjunto. Justamente por terem funções e também composições diferentes, esses produtos são muitas vezes usados de formas complementares.

As piteiras normalmente são de papel, portanto a forma mais fácil de fazer a identificação do item no ponto de venda é buscar um bloquinho de papel cartão (ou outros tipos mais firmes), já os filtros normalmente podem ser comprados em saquinhos com diferentes quantidades.

Tipos de piteira

Conforme mencionamos, as piteiras já existem no mercado de fumígenos há muitos anos, porém o uso delas para além de um acessório da moda é mais recente. Diante disso, as inovações nessa categoria estão atreladas a melhoria do desempenho para a saúde e o meio ambiente. Das mais conhecidas de papel, hoje já existem muitos tipos que inovam no material do qual são feitas, tamanho, reutilização e muito mais. Confira abaixo os principais tipos de piteira:

Piteira de papel

A mais conhecida do mercado e mais fácil de se encontrar também, esse tipo de piteira é normalmente vendido em um bloco, ou como cartela em que se faz o destaque individual. Para se usar esse tipo de piteira, basta dobrar o papel nos recortes, fazendo uma espécie de zig-zag com o papel e depois enrolar como se fosse um cano. Você pode colocar a piteira antes ou após ter fechado o cigarro, porém sempre lembre de garantir que ela está no tamanho correto para ela não cair quando você colocar o beck em pé.

Algumas marcas em que você encontra piteiras de papel:

  • aLeda
  • A Piteira
  • Bem Bolado
  • Black Trunk
  • Papelito
  • Yellow Finger

Piteira de vidro

Mais recentes no mercado, porém já extremamente populares, as piteiras de vidro chegaram para ficar. Além de serem estilosas e um item de “luxo e estilo” dentro do mercado de fumígenos, também são uma ótima estratégia de redução de danos, pois o vidro ajuda a reduzir a temperatura da fumaça.

Outro fator interessante desse tipo de piteira, é que como o vidro é um material que pode ser trabalhado de diferentes maneiras, existem muitas variações de cor, formato ou tamanho, o que melhora a experiência de compra e consumo desses produtos pelos usuários.

Algumas marcas em que você encontra piteiras de vidro:

  • Hippie Bong
  • Holder
  • Strabe Glass Inc

Piteira de madeira (maricas)

As piteiras de madeira, que também são conhecidas como maricas, existem no Brasil há muitos anos, inclusive é difícil estimar quando elas surgiram, pois já eram usadas antigamente como artigos de moda pelas mulheres.

Essas piteiras são interessantes por proporcionar uma fluidez na fumaça, além de por vezes alterarem o sabor devido a fumaça gerada pela temperatura mais elevada na madeira. São feitas de Imbuia, Eucalipto, ou outras e são consideradas descartáveis pelos fabricantes, apesar de alguns usuários usarem mais de uma vez cada uma.

Algumas marcas em que você encontra piteiras de madeira:

  • Raw
  • Yellow Finger

Piteiras de cerâmica e murano

As piteiras de cerâmica e as de murano não são iguais, possuem composições diferentes que impactam também na experiência de uso com cada um desses materiais. As piteiras de cerâmica têm sido difundidas no mercado devido a sua resistência a altas temperaturas, que garantem uma fluidez legal da fumaça e ajudam a esfriar a fumaça quente, sendo uma excelente opção para aqueles que buscam fazer um consumo com danos reduzidos.

Já as piteiras de murano, também são feitas de um material que altamente resistente ao calor e que auxilia na fluidez da fumaça, porém diferente do que vemos na cerâmica e no vidro, o murano não tem o papel de resfriar a fumaça, pois o material esquenta junto com a fumaça, sendo uma boa opção para aqueles que buscam a sustentabilidade do produto (é lavável e reutilizável), porém outras opções que reduzem ainda mais os danos.

Algumas marcas em que você encontra piteiras de cerâmica e murano:

  • Hevva
  • Triad Hemp Club
  • Yellow Finger

Tipos de filtro

Os filtros são usados na indústria do tabaco há muitos anos e foram incorporados pela indústria da maconha pelos mesmos motivos: são capazes de diminuir em até 50% a quantidade de substâncias tóxicas na fumaça, sendo importantes aliados no processo de redução de danos. Normalmente os filtros fabricados são de acetato de celulose, papel, carvão ativado ou biodegradáveis e possuem uma série de tamanhos, ficando a critério do usuário decidir o que encaixa melhor em seu consumo.

Acetato

O filtro de acetato ou filtro de mono acetato é o produto mais difundido dentro dessa indústria, sendo considerado o padrão no segmento. É um filtro versátil e pode ser usado para todas as misturas de tabaco e outras ervas, não interferindo na potência da maconha, pois não retém os canabinoides, apenas substâncias consideradas tóxicas, como o alcatrão e a nicotina.

Na indústria têxtil, o acetato de celulose – que já teve ampla utilidade para fabricação de filmes fotográficos, é usado na fabricação de tecidos para vestuário, forros, tapetes, guarda-chuvas e outros produtos. No mercado de tabacos, esse é o filtro que pode ser encontrado em todos os cigarros industrializados, assim como a compra deles individuais, para que você insira na hora de enrolar (vamos ensinar o passo a passo de como enrolar com filtros e piteiras abaixo).

As principais variações que você encontrará são: o diâmetro e o comprimento.

Carvão ativado 

O carvão ativado é um tipo de material que tem sido muito utilizado, por diversas indústrias em especial a do bem-estar, de grão fino que filtra odores, purifica o ar e retém poluentes. É muito utilizado em filtros industriais de ar, água e ventilação, pois ajuda a reduzir toxinas e, no baseado e no cigarro, isso não seria diferente. Esse material ajuda a reduzir substâncias como o alcatrão e a nicotina e proporciona uma sensação de uma fumaça mais fresca, sem aquela sensação de garganta arranhando.

Como o filtro é um adicional e deveria ser utilizado em conjunto com uma piteira, sua função não é resfriar a fumaça. No entanto, como esse produto é um pouco maior, por vezes acaba entregando esse benefício também. Sua principal desvantagem é que o carvão pode entupir com temperaturas muito baixas e perder sua função de filtragem. Além disso, existem usuários que afirmam que esse tipo de filtro reduz a potência da maconha, porém não existem estudos mais aprofundados a respeito desse assunto.

Biodegradável

Os filtros biodegradáveis funcionam de forma muito similar aos de acetato. No entanto, a matéria-prima utilizada na produção desses filtros é o grande diferencial. O principal objetivo é que esse material tenha o menor impacto possível no meio ambiente, e por esse motivo são feitos de elementos que naturalmente se decompõe na natureza. Geralmente, esses itens apresentam uma coloração marrom clara ou de cor similar ao do papel Kraft.

Algumas marcas em que você encontra os filtros descritos acima:

  • aLeda
  • AMS
  • Bem Bolado
  • OCB
  • Papelito
  • Raw
  • Smoking

Como bolar com piteiras

O passo a passo de como bolar com uma piteira não foge muito do que seria o de enrolar um baseado ou cigarro sem a piteira, mas fizemos um super tutorial para te ajudar a entender exatamente como nós gostamos de fazer. É sempre legal reforçar que não existe uma única maneira de se fazer esse processo, inclusive o lado de se colocar a piteira no papel varia de pessoa para pessoa, teste e veja como você se sente mais confortável.

Dica para quem está começando: tenha uma bandeja embaixo, se cair é só recolher e tentar de novo.

  1. Dixave/corte sua maconha ou solte seu tabaco;
  1. Faça as dobrinhas do papel ou crie sua própria barreira para não vir pequenos pedaços na sua boca. Caso esteja usando piteira pronta (vidro, murano ou pré enrolada), pode pular essa etapa;
  1. Recheie o seu baseado ou cigarro com sua erva de escolha e distribua igualmente pelo papel;
  1. Enrole como se fosse um cone e feche passando a sua língua sobre a cola;
  1. Caso você tenha dificuldade de enrolar com a piteira já no papel, deixe um espaço em ambas as pontas.

Como incluir a piteira e o filtro no seu baseado

Como a piteira e o filtro tem funções diferentes, o mais recomendado é usar dois juntos, sendo que o filtro estará mais perto da erva e a piteira mais perto da sua boca.

Existem algumas maneiras de incluir esses produtos no seu consumo, sendo que algumas são mais comuns do que outras:

Usar apenas o filtro

Assim como são os cigarros industrializados, você pode comprar um filtro individual – normalmente são vendidos em sacos com +100 unidades ou em caixinhas – e incluir no seu cigarro/baseado antes ou após fechar o papel.

Usar apenas a piteira

Assim como no caso dos filtros e seguindo o mesmo passo a passo descrito no texto acima, você pode enrolar a piteira do tamanho que considerar adequado e inserir antes ou após fechar o papel. Esse processo independe do material do qual é feita a piteira, seja de papel, vidro ou outras.

Usar o filtro comum + piteira

Conforme falamos, o mais recomendado seria encaixar ambos na hora de enrolar o seu cigarro, justamente por desempenharem papéis diferentes na hora de fumar. Nossa recomendação aqui é fazer o uso de piteiras longas e deixar um pedaço da piteira para fora do papel. Isso ajudará a ajustar o baseado após enrolado, empurrando para dentro se estiver muito solto ou puxando para fora se a fumaça estiver difícil de puxar.

Uso de filtro com encaixe + piteira

Atualmente existe no mercado, uma marca chamada Jilter que a Bem Bolado licenciou e que já traz no filtro um encaixe de papel para se colocar a piteira já enrolada, facilitando o equilíbrio do papel na hora de fazer as dobras finais.

Os malefícios de não usar piteira e/ou filtro na hora de enrolar seu baseado

Conforme falamos ao longo do texto, filtros e piteiras são acessórios que ajudam a um consumo mais saudável e que tenha menos impactos negativos no corpo do usuário. Existem diversos tipos que podem ser usados e inclusive combinados entre si, como é o caso dos filtros longos com as piteiras de vidro, porém o uso de qualquer um dos dois já um tipo de redução de danos para seu consumo.

Separamos os principais motivos pelos quais você não usar sempre uma piteira ou filtro:

  1. A fumaça vem muito mais densa que o necessário: com o uso do filtro uma série de substâncias ruins da fumaça deixa de ir para sua boca, tornando a fumaça menos densa, dando a percepção de que o THC também é filtrado, mas ele não é;
  2. A fumaça vem muito mais quente: sem uma distância mínima entre a boca do usuário e o que está sendo carburado, a temperatura da fumaça que vai para o pulmão é muito mais alta do que deveria para um impacto menos negativo;
  3. Sua boca pode queimar: justamente conforme o ponto anterior, além da fumaça quente, existe a possibilidade do usuário queimar sua boca sem a piteira e/ou o filtro.

Recomendação de piteiras e filtros

Nosso time separou algumas dicas de ouro na hora de escolher o melhor produto, material ou forma de inserir esses acessórios no seu dia a dia:

  • Use piteiras longas, elas são as mais recomendadas para uma fumaça fria e menos tóxica para o seu corpo;
  • A dica do filtro + piteira longa de vidro segue sendo a combinação mais vantajosa para sua saúde no longo prazo;
  • Não reutilize nenhum material descartável, se não for lavável no álcool ou algum outro higienizante não deve ser usado, pois essas substâncias concentradas que se encontram nas piteiras e filtros são altamente prejudiciais para sua saúde;
  • Sabe aquele “melzinho” que fica na ponta da piteira ou da seda? Ela não é haxixe, e nem um concentrado do bem, e sim um concentrado de resíduos;
  • Use filtros longos e tente fazer o seu cigarro da mesma largura que o filtro, isso garante que toda a fumaça será filtrada antes de vir para sua boca;
  • Aproveite o momento e não esqueça de beber água.

Cada usuário tem seu jeito de fazer esse processo, nos conte nos comentários o que você mais gosta?

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x