Experimento Jamaica: a experiência do André Steiner na ilha do Caribe

Tempo de leitura: 5 min

Publicado em

Em meio a campos férteis, uma cultura milenar e a tradição jamaicana com a maconha, um empresário conta sua jornada para trazer esses ensinamentos para o Brasil

A Jamaica é um país conhecido por vários motivos, e por isso, foi o destino escolhido por André Steiner, um grande empresário do meio canábico, fundador da The Quantic Hub. O destino conta com os melhores cafés do mundo, um solo fértil, música e cultura vibrantes, belas praias, florestas e rios exuberantes, culinária deliciosa e habitantes amigáveis fazem da Jamaica um verdadeiro paraíso tropical. Essas são algumas das razões que levam pessoas de todas as partes do mundo a visitarem o país caribenho, porém não são os únicos.

A Jamaica foi um dos primeiros centros de investimento em cannabis. A bela ilha de solo vulcânico negro, é conhecida por sua tradição com a planta e por cultivar algumas das maiores plantas de cannabis do mundo. Imersa na tradição da maconha através da religião Rastafari e depois tendo sequência com ícones culturais como Bob Marley e Jimmy Cliff, a Jamaica foi um dos primeiros pontos quentes para investimentos de empresas mundialmente famosas como Tilray, Canopy Growth e Aurora.

A indústria do turismo é essencial na ilha, e a acessibilidade à cannabis é um fator chave. Ao descriminalizar oficialmente a cannabis no início de 2015, a Jamaica tornou-se um dos primeiros e poucos países caribenhos a permitir o porte pessoal em pequenas quantidades. Com a descriminalização, os indivíduos passaram a ter o direito de andar com uma pequena quantidade, e muitas das multas que existiam para turistas e moradores locais não estão mais presentes, tornando o país um polo para negócios em uma indústria em expansão.

Muito antes dessa movimentação do país caribenho de regulamentar o cultivo, venda e distribuição de cannabis, um brasileiro já havia chegado ao país e começado sua carreira e família, sem saber que eventualmente, traria esses aprendizados para o Brasil, com sua própria marca de cannabis medicinal.

André Steiner é o idealizador e cofundador da The Quantic Hub, empresa que vende produtos importados à base de cannabis no Brasil. Ele nos contou sua história com a Jamaica, como aprendeu sobre a maconha como planta sagrada em um país que sempre enxergou essa planta como algo muito mais profundo do que apenas uma droga.

A chegada do André Steiner na Jamaica

Sua chegada na ilha parte do outro lado do mundo, já que o empresário estava em Israel no seu último ano de faculdade, fazendo um curso com agricultores da África. Nesse curso, André se dedicava a desenvolver filtros que iriam ajudá-lo a mover peixes para consumo entre tanques e piscinas, quando um grupo de americanos – que tinha fazendas de tilápias na Jamaica – conheceu o trabalho que estava sendo desenvolvido em Israel, e convenceram o empresário a visitar a ilha.

A Jamaica é dividida em algo similar aos nossos estados, que  são chamados de Perish. Foi no Perish de Portland, uma região da Jamaica que é independente e tem seus representantes (inclusive é lá que ficam as Blue Mountains, de onde saem os melhores cafés) que o empresário brasileiro foi levado para conhecer as fazendas de tilápias.

Sua chegada ao país foi marcada por uma situação, até que engraçada, pois num primeiro momento chegou de terno em gravata, no verão caribenho e, ao chegar na fazenda de tilápia, já pulou na piscina para fazer os testes na água com o kit que ele tinha levado. Isso acabou marcando os donos da fazenda, pois eles precisavam de alguém que tivesse esse tipo de atitude.

Depois dessa interação com o grupo, André Steiner foi a um almoço na Lagoa Azul, onde foi gravado o famoso filme, que ele conheceu um pessoal da família Marley, e foi nesse cenário e nesse ambiente que ele topou ir morar na Jamaica. Ao invés de trabalhar com tilápias, André trabalhou com um peixe chamado KOI, que ele havia conhecido no seu tempo em Israel, e assim, ele levou esse mercado para a Jamaica.

Foi a partir desse momento e nesse lugar paradisíaco, que o empresário começou um processo de entendimento da conexão homem/natureza, e iniciou essa jornada de reconexão dos humanos com o mundo natural.

Como a Jamaica influenciou na criação da The Quantic Hub

A The Quantic Hub surgiu de uma filosofia que foi desenvolvida dentro do André, mas que pertence ao universo. O início dessa história começou em Israel, um lugar carregado de história e elementos sagrados e se consolidou na Jamaica, um lugar que surpreendentemente também tem uma sinagoga de mais 500 anos, na capital, em Kingston.

Em uma de suas viagens pela ilha, estava passando por um campo de bananeiras que parecia com uma falésia, onde tinham várias tendas brancas com pessoas da religião rastafari também vestidos de brancos. Quando ele desceu no campo, sentiu de primeira uma energia diferente, e foi lá que ele descobriu essa seita do Rastafari que era ligada a Rainha Sabah do Rei Salomão, também conectados com o Judaísmo.

Foi nesse lugar que ouviu um conto que diz  o Rei que foi para a Etiópia e não o contrário. Essa história que justamente ilustra a união do feminino com o masculino. A união da sabedoria entre Etiópia e Israel, levou a criação da seita que o André Steiner conheceu na Jamaica, seita essa que usava uma planta para abrir esse sagrado e passar conhecimentos e insights para o Rei e os estadistas, justamente conectando os seres humanos e a natureza.

André tem filhos e todos eles na Jamaica, e inclusive, quando eram bebês, seus filhos participavam desses rituais. Em um ritual, perguntou para um estudioso, como iria apresentar a planta sagrada para os filhos. Foi com essa pergunta que o empresário foi levado para um campo de cana de açúcar, onde eles começaram a cortar o campo de cana, e ele aprendeu que ia ser importante ele tocar na planta para conseguir explicar para os filhos dele o que era a cannabis.

O solo vivo é o que dá força para o crescimento da planta, foi lá na Jamaica que ele aprendeu o início do que o levaria a começar a compreender e estudar a planta da cannabis e sua conexão com os humanos. Além do solo, a água é outro fator extremamente importante para a planta, pois quando se seca a flor da cannabis, ainda sobra entre 5 e 15% de água. Por esse motivo, é tão importante garantir o tipo de cultivo e o que está sendo usado, tanto no solo quanto na água, pois existem seres e elementos colocados que mudam a composição.

Na Jamaica, o conceito de respeito, do limite, entre o que é meu o que é seu e o que é nosso, é praticado, e se origina do respeito pelo próximo e pela natureza. Na The Quantic Hub, eles também possuem esses valores, e a conexão entre as pessoas que trabalham lá, usam seus produtos e a natureza é valorizada. Conheça os produtos e serviços da marca.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!


    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x