Cannabis e e-commerce: como impulsionar seu negócio canábico

Tempo de leitura: 3 min

Publicado em

Comece a empreender com cannabis no meio digital através do e-commerce e alcance pessoas a um clique de distância!

Neste post, comentaremos sobre empreender com cannabis no meio digital através das vendas online, via e-commerce. Veremos também quais são as possibilidades de ideias e nicho de negócios de loja virtual para começar no mercado da cannabis.

Mas o que é e-commerce e qual a relação com o mercado da cannabis?

negocio canabico ecommerce

O termo e-commerce, em inglês, em uma tradução livre para o português, é uma transação que é realizada através de um meio digital. Com isso, já podemos imaginar que há diversos tipos de e-commerce atualmente, com certeza o mais conhecido são as lojas virtuais.

Para empreender no mercado da cannabis você pode explorar muitas possibilidades no online e aumentar o poder de atuação do seu negócio. Na realidade, é uma opção da pessoa que empreende em atuar com um ou mais canais digitais de venda. Quanto mais você alcançar o cliente e engajar dentro da sua experiência de compra, melhor, neste pensamento estão as estratégias omnichannel (ou multicanal), em que você pode conferir tudo sobre o tema clicando aqui.

Separamos 3 tipos de e-commerce que você pode trabalhar individualmente ou em conjunto para a sua marca da cannabis:

Loja Virtual

  • É a “casa” oficial da sua marca, o ambiente próprio principal. Aqui você vende todos os seus produtos e serviços;
  • Oportunidade de criar uma experiência de compra através de navegações e layouts personalizados;
  • Integração com outras plataformas para gestão de dados, produtos e financeiro, por exemplo.

WhatsApp

  • Oportunidade para converter os contatos;
  • Criação de catálogos de produtos personalizados;
  • Utilize como canal de atendimento e oportunidade para fazer upsell e aumentar as conversões.

Marketplace

  • Reduza os custos de mídia e utilize a estrutura de terceiros para vender os seus produtos;
  • Oportunidade de ampliar o alcance da sua marca por mais canais de venda;
  • Sua marca lado a lado com grandes empresas do mercado.

Agora que você compreende algumas das principais possibilidades de atuação em e-commerce, chegou o momento de definir o nicho dentro do mercado da cannabis que você focará e colocará em prática.

Abaixo deixamos 5 nichos de e-commerce no mercado da cannabis como exemplo para você refletir e entender se algum deles é o que você procura:

  • Tabacaria: venda de produtos para redução de danos, acessórios, equipamentos para o uso;
  • Growshop: suporte para quem cultiva com acessórios, equipamentos, produtos;
  • Vestuário: criação de marca própria dentro do lifestyle da cannabis;
  • Marketplaces medicinais: venda de produtos em sites parceiros;
  • Cursos: foco em educação para profissionais e empresas do mercado da cannabis.
cannabis e ecommerce

Lembre-se que alguns dos itens vendidos dentro dos nichos acima, podem ter restrições de comunicação e até mesmo restrições na venda online. Entenda o que pode e não pode fazer em termos de marketing e vendas online para garantir o sucesso da sua marca. Mas se você precisa de uma ajuda completa no seu plano de marketing, clique aqui para falar com nossa equipe comercial e conhecer nossos planos de consultorias de negócios para pequenas empresas.

A escolha do seu nicho é fundamental para o sucesso da sua operação, isso te ajudará a compreender melhor alguns fatores, como público, concorrentes e jornada de compra. É conhecendo o seu público que você entenderá sua sensibilidade a preços, com isso, você volta para a escolha de produtos, preços e marketing para entender todas as variáveis que afetam a sua margem de lucro no e-commerce.

Depois de escolher o seu nicho de atuação, você precisa entender:

  • Quem é o meu público?
  • Quais as necessidades do público?
  • Qual o comportamento de compra?
  • O quanto estão dispostos a pagar?

Ao definir o público-alvo, com certeza você precisa entender a concorrência, sendo:

  • Quem são os concorrentes diretos e indiretos?
  • Qual o portfólio de produtos que trabalham?
  • Qual o preço praticado?
  • Qual a plataforma de e-commerce que trabalham?
  • Quais os meios de pagamento e frete que utilizam?

Essa pesquisa de mercado é fundamental para você personalizar a experiência de compra do consumidor. Quanto mais você conhece o seu cliente e mercado de atuação, melhor pode se preparar para ter uma melhor performance no digital.

Ao avaliar os itens de concorrência e público-alvo você consegue:

  • Desenhar uma melhor jornada de compra;
  • Entender quais promoções e desconto estão sendo praticados no mercado;
  • Qual a disponibilidade de produtos nos principais PDVs;
  • Entender quais são as principais marcas e produtos em oferta.

Lembre-se que empreender no mundo digital dentro do mercado da cannabis tem os mesmos desafios que outros mercados. O negócio é digital, mas a operação é como qualquer outra empresa.

Ao começar a trabalhar com e-commerce, você precisa das seguintes frentes no seu negócio:

  • Atendimento ao Cliente;
  • Marketing (Conteúdo, Mídia, Planejamento, Parcerias);
  • Compras e Vendas;
  • Contabilidade;
  • Logística.

Bons investimentos no mercado da cannabis!

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Maria Riscala

Temple Ball: aprenda tudo sobre esse tipo de haxixe

Explore o mundo fascinante das Temple Balls: de sua rica história, ligada ao lendário Frenchy Cannoli, até dicas práticas de uso e aplicação medicinal. Descubra como esta antiga arte pode enriquecer sua experiência com cannabis.

Leia mais

Não perca nossos conteúdos!

Se inscrevendo em nossa newsletter você fica sabendo de todas as novidades que rolam por aqui e recebe nossos relatórios e promoções em primeira mão!

    0
    Nós adoraríamos saber sua opinião, deixe seu comentário!x